Menu
Busca segunda, 20 de maio de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
17º
Mercado pecuário

Boi gordo: paradeira na maioria das praças pecuárias, dizem consultorias

A referência para boi gordo direcionado ao mercado doméstico segue em R$ 285/@ em SP, enquanto a vaca e a novilha gordas são negociadas por R$ 267/@ e R$ 277/@, respectivamente, informa a Scot Consultoria

17 outubro 2022 - 11h30Por Portal DBO
Boi gordo: paradeira na maioria das praças pecuárias, dizem consultorias

Nesta sexta-feira, 14 de outubro, o mercado brasileiro do boi gordo seguiu com baixo volume de negócios, informam as consultorias que acompanham diariamente o setor pecuário

“Com escalas de abate bem posicionadas, prevaleceu a morosidade das operações, resultando em um quadro de preços majoritariamente estáveis, com raras exceções”, relata a IHS Markit.

Segundo a Scot Consultoria, ao longo desta semana, os preços dos bovinos destinados ao abate não sofreram alteração nas praças do interior de São Paulo.

Com isso, diz a Scot, a referência para boi gordo “comum” (direcionado ao mercado doméstico) segue em R$ 285/@ em São Paulo, enquanto a vaca e a novilha gordas são negociadas por R$ 267/@ e R$ 277/@, respectivamente (preços brutos e a prazo).

O boi-China (abatido mais jovem, com até 30 meses de idade) é vendido por R$ 290/@, preço bruto e a prazo, acrescenta a Scot.

De acordo com apuração da IHS, no mercado de São Paulo, grande parte das indústrias frigoríficas segue fora das compras de boiada gorda.

Nas demais regiões, a baixa liquidez também contribuiu para acomodação dos preços da arroba, reforça a consultoria.

Na B3, as cotações dos contratos futuros do boi gordo voltaram a ser pressionadas, na esteira da morosidade de negócios no mercado físico.

No mercado atacadista paulista, os preços dos principais cortes bovinos encerraram a semana estáveis.

SP-Noroeste:

boi a R$ 294/@ (prazo)
vaca a R$ 268/@ (prazo)

MS-Dourados:

boi a R$ 271/@ (à vista)
vaca a R$ 251/@ (à vista)

MS-C.Grande:

boi a R$ 268/@ (prazo)
vaca a R$ 253/@ (prazo)

MS-Três Lagoas:

boi a R$ 266/@ (prazo)
vaca a R$ 250/@ (prazo)

MT-Cáceres:

boi a R$ 256/@ (prazo)
vaca a R$ 243/@ (prazo)

MT-Tangará:

boi a R$ 256/@ (prazo)
vaca a R$ 243/@ (prazo)

MT-B. Garças:

boi a R$ 256/@ (prazo)
vaca a R$ 246/@ (prazo)

MT-Cuiabá:

boi a R$ 258/@ (à vista)
vaca a R$ 243/@ (à vista)

MT-Colíder:

boi a R$ 259/@ (à vista)
vaca a R$ 245/@ (à vista)

GO-Goiânia:

boi a R$ 261/@ (prazo)
vaca R$ 250/@ (prazo)

GO-Sul:

boi a R$ 263/@ (prazo)
vaca a R$ 248/@ (prazo)

PR-Maringá:

boi a R$ 281/@ (à vista)
vaca a R$ 261/@ (à vista)

MG-Triângulo:

boi a R$ 287/@ (prazo)
vaca a R$ 251/@ (prazo)

MG-B.H.:

boi a R$ 271/@ (prazo)
vaca a R$ 256/@ (prazo)

BA-F. Santana:

boi a R$ 269/@ (à vista)
vaca a R$ 259/@ (à vista)

RS-Porto Alegre:

boi a R$ 291/@ (à vista)
vaca a R$ 261/@ (à vista)

RS-Fronteira:

boi a R$ 288/@ (à vista)
vaca a R$ 261/@ (à vista)

PA-Marabá:

boi a R$ 256/@ (prazo)
vaca a R$ 251/@ (prazo)

PA-Redenção:

boi a R$ 251/@ (prazo)
vaca a R$ 244/@ (prazo)

PA-Paragominas:

boi a R$ 266/@ (prazo)
vaca a R$ 2561/@ (prazo)

TO-Araguaína:

boi a R$ 263/@ (prazo)
vaca a R$ 256/@ (prazo)

TO-Gurupi:

boi a R$ 261/@ (à vista)
vaca a R$ 251/@ (à vista)

RO-Cacoal:

boi a R$ 251/@ (à vista)
vaca a R$ 241/@ (à vista)

RJ-Campos:

boi a R$ 276/@ (prazo)
vaca a R$ 261@ (prazo)

MA-Açailândia:

boi a R$ 265/@ (à vista)
vaca a R$ 241/@ (à vista)