Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
38ºmax
25ºmin
Notícias

Balança comercial do agronegócio tem superávit de US$ 8,3 bi

14 junho 2017 - 00h00Por Agência Brasil

As exportações brasileiras do agronegócio atingiram US$ 9,68 bilhões, em maio, superando em 12,8% o valor registrado no mesmo mês do ano anterior. Já as importações tiveram crescimento de 30%, passando para US$ 1,3 bilhão em maio deste ano. O superávit comercial do agronegócio brasileiro aumentou de US$ 7,59 bilhões para US$ 8,38 bilhões para o mesmo período, sendo o terceiro maior da série histórica para meses de maio, abaixo apenas dos valores de 2012 e 2013. Os dados fazem parte da balança comercial do agronegócio, divulgada nesta terça-feira (13) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

O complexo soja liderou as vendas e foi responsável por 48,8% das atividades do agronegócio no mês, gerando um total de U$ 4,72 bilhões. A cifra representa acréscimo de 7,5% sobre o valor registrado no mesmo mês do ano passado. Esse desempenho foi puxado pelos embarques de soja em grão, que totalizaram 10,96 milhões de toneladas, com receita de US$ 4,06 bilhões.

Recorde da soja

De acordo com a pasta, o volume embarcado de soja em maio deste ano foi recorde em relação a todos os meses da série histórica e é também o segundo mês consecutivo em que o volume ultrapassa 10 milhões de toneladas. Ainda segundo o ministério, um dos fatores do crescimento de participação complexo soja na balança comercial é a safra recorde de soja que o Brasil colhe nesta temporada. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima uma produção de 113,9 milhões de toneladas da leguminosa.

O Brasil incrementou sua produção de soja em 18,5 milhões de toneladas na última safra e ampliou suas exportações em quase 4 milhões de toneladas, passando de 30,8 milhões de toneladas exportadas entre janeiro e maio de 2016 para 34,8 milhões de toneladas entre janeiro e maio de 2017.

Caso o aumento das exportações chegue a 5 milhões de toneladas no ano, o Brasil exportará mais de 56 milhões de toneladas de soja neste ano, ultrapassando as vendas externas norte-americanas do produto, projetadas em 55,8 milhões de toneladas pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, sigla em inglês).

Além do complexo soja, produtos como açúcar (US$ 824,22 milhões e 1,99 milhão de toneladas) e celulose (US$ 527,72 milhões e 1,19 milhão de toneladas) tiveram destaques no mês de maio.

O setor de carnes foi o segundo mais relevante do mês, com exportações de US$ 1,22 bilhão. No entanto, em relação ao mesmo período de 2016, foi registrado um recuo de 4,1% no valor exportado.

Importações

No mês de maio, foram destaques as aquisições de cereais, farinhas e preparações (US$ 230,89 milhões; acréscimo de 38,4%), produtos florestais (US$ 133,14 milhões; que representaram um acréscimo de 14,3%); pescados (US$ 105,35 milhões; aumento de 50,5%), produtos oleaginosos - exclusive soja (US$ 74,81 milhões; aumento de 32,6%) e lácteos (US$ 60,74 milhões; redução de 3,9%). O adicional nas compras de pescados, em um total de US$ 35,33 milhões, foi o que mais contribuiu para o aumento das importações totais do agronegócio.

Leia Também

Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Coronavírus
Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Mercado Externo
Arábia Saudita retoma importação de frigoríficos de MG após embargo de 10 dias
As compras haviam sido suspensas no dia 6, após a confirmação de um caso atípico do "mal da vaca louca" no Estado
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Meio Ambiente
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados
Feiras & Eventos
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados