Menu
Busca segunda, 14 de junho de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
27ºmax
13ºmin
Notícias

Abates em Mato Grosso têm pior índice desde 2009

19 maio 2016 - 00h00Por Portal DBO

Com a demanda em queda e a oferta restrita, o abate de bovinos em Mato Grosso registrou o seu pior desempenho para um mês de abril desde 2009. De acordo com boletim do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), foram abatidos 349.660 animais no quarto mês do ano, recuo de 7,5% em relação ao mês anterior.

A publicação destaca o recuo na oferta de fêmeas nos frigoríficos do estado, o que pode indicar o movimento de retenção de matrizes “As linhas de matança estão tendo maior dificuldade em encontrar fêmeas, tanto que, quando observa-se a média de presença de machos no abate em 2016, constata-se que eles representaram 56,7% do total abatido, enquanto isso, no mesmo período de 2015, esse número foi de 50,2%”, conclui.

Participação nas exportações

As exportações brasileiras vêm demonstrando um bom desempenho em 2016. No primeiro quadrimestre deste ano foram enviadas ao exterior 535,6 mil Toneladas de Equivalente Carcaça (TEC) de carne bovina, volume 15,8% maior que o do mesmo período de 2015.

Já em Mato Grosso a situação difere um pouco; apesar de ter exportado um volume maior no primeiro quadrimestre de 2016, o aumento em relação ao mesmo período de 2015 no total exportado cresceu 3,6%, sendo classificado pelo Imea como “tímido”. Com isso, a participação do estado nas exportações brasileiras caiu 2,0%.