Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
33ºmax
23ºmin
ExpoMS

Expo MS, uma opção de lazer com shows e comida típica

04 outubro 2009 - 00h00

Durante esta semana, a população de Campo Grande tem mais uma opção de lazer. Na 1ª Expo MS tudo o que há de melhor e mais tradicional na Cidade Morena pode ser encontrado no interior do Parque de Exposições Laucídio Coelho. Além disso, todos os dias uma dupla sertaneja se apresenta para animar o público. Mas a maior atração artística vai ficar por conta da dupla Rick e Renner, que faz seu show no dia 10 de outubro.

Como sempre acontece nos eventos realizados pela Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), a culinária típica do campo está presente. Antônio Horácio Azambuja, trouxe a tradicional Restaurante Linguiça de Maracajú. Lá o visitante encontra o que há de mais tradicional da cozinha sul-mato-grossense. “Aqui o cliente prova o arroz com guariroba, o carreteiro de lingüiça, a carne de sol, tudo muito bem preparado por cozinheira que realmente conhece de culinária”, comenta. O preço é o mesmo que se gataria em qualquer restaurante bom da cidade, R$ 25,00 no self-service. As porções começam a partir de R$ 15,00.

A Feira Central também está presente na Expo MS. Lembrando bem o ambiente que se encontra lá no centro, decorado com lanternas chinesas, e mesas dispostas em frente ao balcão o visitante pode experimentar pratos da cozinha oriental como: sobá e yakisoba, e ainda, a picanha na chapa. Os preços são acessíveis para qualquer bolso, desde R$ 3,50, cobrados pelo pastel, até R$ 30,00 pela picanha, que serve duas pessoas.

Quem está com pressa para ir ver os shows ou quer circular livremente pelo parque e não quer sentar em uma mesa e nem esperar pela preparação do prato, o lanche rápido é a solução. Para isso há várias barracas onde são vendidos diversos tipos de lanches, um em particular pode ser encontrado em poucos locais na capital, o cachorro quente self-service. A maioria das barracas o oferece com até 12 opções de recheios, e isso sai por R$ 4,00.

Para as sobremesas, as opções mais baratas são: a castinha de sorvete italiano e as cocadas, ambos vendidos a R$ 1,00; e os churros, R$ 2,00. Há também os crepes (R$3,00), que são práticos de comer, pois vêm em palitos para segurar, e se situam nas duas categorias; lanche rápido, os salgados, e sobremesa, os doces.

Diversão – Antes ou depois de provar um dos pratos oferecidos na Expo MS, o visitante pode se divertir de várias formas, a principal delas são os shows de artistas regionais, que se apresentam todas as noites, e também os brinquedos no parque de diversões. Para assistir aos shows não se paga nada -exceto no dia 10 de outubro, a entrada será de R$ 5,00, quando Rick e Renner se apresentam-, quanto aos brinquedos o ingresso custa R$ 4,00 cada, ou três por R$ 10,00.

Além dessas opções, há muita coisa para se ver, conhecer e comparar. De bijuterias a carros. Aliás, quem gosta de ver raridades automotivas vai ter uma grande oportunidade o Clube de Carros Antigos Pantanal e a Vintage Antique Car estão expondo 22 modelos que são raridades, principalmente no Brasil. É o caso do Cadillac Rabo de Peixe 1959, com motor V8, que, em sua época, era um dos maiores símbolo de status e sucessos, tanto que os cantores Elvis Presley e Roberto Caros tinham um em suas garagens.

Todos os carros mantêm a originalidade, não tendo mais de 20% de suas peças adaptadas. Um bom exemplo disso é o Packard Cliper 1953, que até hoje usa um circuito elétrico de 6 volts (atualmente a voltagem dos carros é de 12volts).

E é assim, entre pratos típicos e exóticos, shows e automóveis antigos que o campo-grandense encontra na 1ª Expo MS várias opções de lazer em um só lugar.