Menu
Busca quinta, 06 de agosto de 2020
Busca
(67) 99826-0686
Campo Grande
31ºmax
18ºmin
ExpoMS

Associação Sergipana de Ovinos estará presente na Expo MS de 2010

10 outubro 2009 - 00h00

Arnaldo Dantas, presidente da Associação Sergipana de Ovinocultores, disse que ficou impressionado com a qualidade dos animais de Mato Grosso do Sul, apresentados na 1ª Expo MS. E, para o ano que vem, promete trazer exemplares de seu Estado para o evento.

“É de impressionar a qualidade excelente dos animais que se encontram aqui”, disse o presidente durante o julgamento de ovinos que aconteceu durante a feira. Segundo Dantas, em Sergipe, a ovinocultura é a terceira atividade agroeconômica mais importante do Estado. As principais raças criadas lá são a santa Inês e a doper, o rebanho chega a 150 mil cabeças.

Julgamento - Para julgar os animais foi convidado Elton Bock, jurado da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos. “Para saber qual reprodutor é o melhor, primeiramente, a gente olha se ele preserva as características da raça. O hampshere dow tem de ter a lã branca, e no padrão de pelagem o pêlo branco tem de avançar um pouco sobre o preta [das extremidades]”, explica. “Depois, a gente vai para as características genéticas que são desejáveis dependendo da aptidão da raça, se carne ou lã”, continua.

“Se objetivo é carne, é bom que o animal tenha uma boa arcada de costela, o que vai significar maior capacidade digestiva, ganho de peso e melhor carcaça. E também a parte posterior tem de ser bem desenvolvida, pois é onde ficam os cortes mais nobres”.

Conforme Back, todas as raças presentes na Expo MS estavam muito bem representadas.