Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
36ºmax
22ºmin
ExpoMS

Associação promove 4º Expo MS do Cavalo Árabe neste final de semana em Campo Grande

19 outubro 2012 - 15h28Por Da Assessoria | Via Livre | Acrissul
Associação promove 4º Expo MS do Cavalo Árabe neste final de semana em Campo Grande
Nos dias 20 e 21 de outubro acontece a 4ª Expo MS do Cavalo Árabe no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande/MS. Na tarde de sábado, dia 20, os visitantes poderão conferir a 5ª Etapa do Cross Country. À noite os criadores serão recepcionados na sede da ACCA-MS com um delicioso jantar. A associação é presidida pelo pecuarista Laucídio Coelho Neto.
 
No domingo mostra continua com os julgamentos de Halter e Performance e o tradiclonal almoço, também sede da associação. A exposição contará com a apresentação de 50 cavalos, de criatórios de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.
 
O responsável pela avaliação dos animais será o Luiz Luiz Álvaro Moreira Rocco. Esse evento, além de motivar mais uma vez a confraternização do amigos e a união das famílias dos criadores, é também mais uma oportunidade para conferir os melhores animais da raça e as belezas da Capital de Mato Grosso do Sul.
 
Sobre o cavalo árabe
O Cavalo Árabe tem sua origem no Norte da África e Oriente Médio, especialmente no Egito, cujas origens remontam 5.000 (cinco mil) anos, famoso por sua resistência e capacidade de suportar as difíceis condições de sua desértica terra natal, decorrendo desta, resistência e lendas como a Lenda Árabe, a qual diz que Alá criou o Árabe com um sopro do vento sul e Maomé se incumbiu de manter a raça pura de outros sangues, assim ordenando às tribos nômades, bem como, uma lenda grega, na qual Poseidon conjurou o animal das águas com seu tridente.  
 
A verdade é que o Árabe é um cavalo leve e musculoso, sendo o único verdadeiro sangue-quente, pois foi mantido puro de outras linhagens sanguíneas durante séculos, diferentemente do Puro-sangue e do Anglo-Árabe, os quais também são considerados sangue-quente, porém o primeiro é descendente do sangue árabe e o segundo, como o próprio nome diz, é produto do cruzamento de Puro-sangues com Árabes.
 
Os Cavalos Árabes têm características próprias que os individualizam dos demais, vejamos:
1. Cor: São predominantementes Tordilhos, castanhos e Alazões, podendo ter manchas brancas na cabeça e nos membros;
2. Caráter: Excepcionalmente inteligentes, portadores de uma resistência insuperável, além de serem extremamente fogosos;
3. Aspectos Físicos: A Cabeça é uma característica notável da raça, com uma testa larga, focinho pequeno e esguio e perfil abaulado. As pequenas orelhas pontiagudas quase se tocam e os olhos são excepcionalmente grandes e expressivos, complementando todo o harmonioso conjunto, as narinas grandes e sensíveis, tudo isso colocado no pescoço esguio e arqueado, a cujo peito relativamente largo desenha um corpo também esguio, cujo perfil perfaz quase um quadrado perfeito seguido da cauda sempre posicionada de forma a fazer um arco invulgarmente alto.
 
Por ser um cavalo leve, musculoso e originário de deserto, é famoso por sua ação elegante e flutuante, em especial, quando galopa, ficando com as narinas mais abertas, expressando-se avidamente, com as veias sobressaltadas. No trote incorpora uma grande ação dos joelhos, numa ação harmoniosa e flexível, mas não muito ampla e, embora seja um cavalo musculoso, pesa até cerca de 500 Kg (quinhentos quilos). Com informações do Haras Engenho.