Menu
Busca sábado, 05 de dezembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
30ºmax
24ºmin
ExpoMS

Acrissul homenageia personalidades na solenidade de abertura, amanhã

03 outubro 2009 - 00h00Por Via Livre Comunicação/Assessoria de Imprensa

Na solenidade de abertura da 1ª Expo MS – O Encontro do Agronegócio – no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande, MS, que ocorre neste sábado, a partir das 18 horas, a Acrissul vai homenagear personalidades que contribuíram para o engrandecimento do agronegócio regional, além de todos os ex-presidentes, que ganharão placas com seus nomes em ruas e espaços do Parque.

Receberão a placa “Amigo da Acrissul” as seguintes personalidades: o senador Delcídio do Amaral (PT); o deputado federal Waldemir Moka (PMDB); os secretários Edison Giroto (Obras) e Tereza Cristina (Produção e Turismo); os engenheiros da empresa Equipe, João Carlos de Almeida e Almir Antônio Deniz de Figueiredo; o diretor da Viação Cidade Morena, Paulo Constantino; o radialista Juca Ganso e o diretor-presidente da Rotele Distribuidora, Norberto Soares Leite.

A pista de julgamento central do Parque de Exposições será batizada com o nome do senador “Lúdio Martins Coelho”. A área do parque de diversões passa a chamar-se João Adalberto Ayub Ferraz; a pista de equinos - “Flávio Benjamin Corrêa de Andrade; a área de shows passa a chamar-se “Sebastião Oliveira Lima”; a pista de provas de laço ganha o nome do ex-presidente “Américo Marinho Luiz”; o estacioanamento da diretoria - “Dolor Ferreira de Andrade”; o pavilhão de bovinos B será “Rachid Saldanha Derzi”; o pavilhão de bovinos “F”, passa chamar-se “Rubico de Carvalho”; e o pavilhão de bovinos “D”, será batizado de “Li Teixeira de Rezende”.

As ruas do ganham novos nomes a partir de agora. Ao todo, a diretoria da Acrissul mandou confeccionar 121 placas com os novos nomes, também uma homenagem aos seguintes ex-presidentes da entidade: Flávio Derzi, Anízio de Barros, Etalívio Pereira Martins, José Tavares do Couto, Paulo Coelho Machdo, Eduardo Olimpio Machado, Fernando Corrêa da Costa, Dinamérico de Souza, Bernardo C. Baís, Acelino R. Ferreira, João Victor de Barros, José Pereira de Souza Martins, Cândido Rondon, Antônio Barbosa de Souza, Eduardo Machado Metello, Ayres A. de Moura Júnior, Laucídio Coelho Neto, Assis Brasil Correa, Italívio Coelho e Antônio de Moraes R. Neto.

 

Quem ouvir, favor avisar

Juca Ganso, 80 anos. Um ícone da comunicação sul-mato-grossense que, em mais de duas décadas, contribuiu para a comunicação rural, levando, através do programa “A Hora do Fazendeiro” da Rádio Educação Rural, comunicados nas fazendas mais distantes. “Quem ouvir, favor avisar!”. Com essa frase Juca levava às comunidades mais remotas o recado que lhe fosse preciso. Assim, quem ouvisse a mensagem transmitiria de pessoa a pessoa até chegar ao endereçado. A personalidade é um dos homenageados na abertura da Expo MS.