Menu
Busca segunda, 10 de agosto de 2020
Busca
(67) 99826-0686
Campo Grande
32ºmax
19ºmin
Expogrande

Planejamento é ponto-chave para rentabilidade na produção de leite, diz técnico

28 março 2010 - 15h20Por Carlos Henrique Braga/Via Livre Comunicação

É hora de parar de reclamar e usar esse tempo para planejar a pecuária de leite. “A atividade é sim muito trabalhosa, mas quando a gente faz nosso dever de casa bem feito, ela é rentável”, disse, na manhã de hoje (28), o técnico da multinacional farmacêutica Pfizer, Luciano Stresser Lobo, na primeira palestra do 5° Dia do Leite, na Expogrande 2010.

Segundo ele, há quatro pontos-chave que os produtores não podem esquecer: nutrição, manejo, genética e sanidade — o último foi o assunto escolhido como tema da conversa de Lobo com o público. Animais são cobrados a produzir mais, e precisam de maiores cuidados porque ficam suscetíveis a doenças, como mastite e as de casco.

“Oberve seus animais todos os dias em busca de sinais de problemas. Assim é possível resolvê-los antes”, recomenda o técnico. Para ele, é preciso planejamento para garantir a saúde do rebanho. Para que os bezerros nasçam saudáveis, por exemplo, mães precisam ter nutrição e saúde observadas durante a gestação. Do contrário, elas podem ter partos problemáticos e gerar filhotes debilitados ou com retardo de crescimento.

O 5° Dia do Leite na Expogrande 2010 tem mais palestras neste domingo, último dia da feira:

Normativa 51 e Qualidade do Leite: A Homeopatia Populacional como Ferramenta Funcional, com médica veterinária Denise Telles;

Melhoramento Genético para o Centro-Oeste, com diretor comercial e marketing da CRI Genética, Francisco Aragão.

Os eventos ocorrem no Tatersal 2, no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande. A participação é gratuita.