Menu
Busca quinta, 22 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
33ºmax
22ºmin
Expogrande

No Senado, Delcídio destaca importância da Expogrande

18 março 2010 - 15h55Por Assessoria do senador.

O senador Delcídio Amaral (PT) ocupou na noite desta quarta-feira,17, a tribuna do Senado para destacar a importância da Expogrande no contexto do agronegócio brasileiro. Para o parlamentar,  a exposição é a vitrine da produção pecuária de Mato Grosso do Sul, que tem o segundo maior rebanho bovino de corte do Brasil.

“É a maior feira agropecuária do Centro-Oeste e uma das maiores e mais tradicionais do país. A Expogrande traz números expressivos: são 1.500 expositores, 5.000 empregos diretos e indiretos, 45 leilões e 50 palestras que orientam e aprimoram o trabalho dos nossos técnicos e produtores rurais. A expectativa é que nos 10 dias de feira sejam realizados negócios de R$ 115 milhões. Além disso, devem passar pelo Parque Laucídio Coelho cerca de 500 mil pessoas não de só de Mato Grosso do Sul, mas também de outros estados e dos países vizinhos”, ressaltou o senador.

Delcídio disse que a Expogrande atrai a atenção de um número cada vez maior de empresários e autoridades de diversos setores, como a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, que participa da abertura do evento este ano.

“A presença da ministra Dilma é muito importante, porque ela terá a oportunidade de conhecer de perto a força da nossa pecuária, além de discutir com os produtores assuntos de interesse da categoria, entre eles as disputas pela  terra, especialmente as relacionadas à expansão das aldeias indígenas, as intervenções para a recuperação do Rio Taquari e as questões relacionadas aos financiamentos e dívidas agrícolas ”, frisou o senador, que virá de Brasília no mesmo avião da ministra.

Delcídio saudou o trabalho da bancada federal de Mato Grosso do Sul no Congresso, que este ano viabilizou junto ao governo recursos no valor de R$ 1 milhão para a exposição. Ele cumprimentou, ainda, o presidente da Acrissul, Francisco Maia,  “que não mediu esforços para que a Expogrande seja um grande evento não só esse ano mas, não tenho dúvida, nos próximos também, como sempre foi, ao longo da nossa bonita história, a história de Mato Grosso do Sul”, concluiu.