Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
29ºmax
23ºmin
Expogrande

Acrissul já tem diversas propostas de venda de terra para atender planos de Lula

24 fevereiro 2010 - 22h16Por Jefferson da Luz - Via Livre Comunicação

Os produtores rurais do Estado já começaram a entregar na Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) as propostas para vender suas terras ao governo federal, o qual as usará para assentar populações indígenas do Estado. Na tarde de hoje (24/02), o ruralista Dácio Queiroz entregou uma lista com diversas propriedades invadias e outras que são requeridas por índios.

“Temos uma vasta opção de áreas, em todas as regiões do Estado. Basta apenas o presidente [Luiz Inácio Lula da Silva] decidir qual delas vai comprar”, disse o presidente da Acrissul, Francisco Maia.

Na segunda feira (22/02), houve uma reunião na sede da entidade para explicar as intenções do presidente Lula à classe produtora, e já iniciar o levantamento das propriedades que estariam disponíveis para atender as pretensões do Palácio do Planalto.

O início - Na semana passada, uma comissão de produtores foi à Brasília convidar Lula para participar da cerimônia de abertura da 72ª Expogrande, e foi surpreendida com a proposta do presidente em comprar terras, através do Incra, para assentar indígenas e resolver de uma vez por todas o dilema das disputas por terras em Mato Grosso do Sul.

Do encontro de hoje participou Gilson Pinesso, presidente da Ampa (Associação Matogrossense do Produtores de Algodão).