Menu
Busca segunda, 03 de agosto de 2020
Busca
(67) 99826-0686
Campo Grande
31ºmax
18ºmin
Agricultura

Preços das commodities melhoram, mas agricultores esperam mudança do clima para iniciar plantio

16 agosto 2010 - 00h00

Os agricultores estão olhando para os céus. Após cerca de dois meses de estiagem nas principais regiões produtoras do Sudeste e Centro-Oeste, a expectativa geral é de melhoria das condições climáticas para iniciar o plantio da safra 2010/2011.

“O momento é de espera. O produtor aguarda clima mais ameno para iniciar a semeadura de grãos e os fabricantes de insumos, como fertilizantes e defensivos não fecham vendas. Se prolongado, esse atraso nas decisões pode representar perdas tanto na safra de grãos quanto de grandes culturas perenes, como café, laranja e cana-de-açúcar”, ressalta Guilherme Romanini, presidente da Abisolo, entidade que reúne os fabricantes de fertilizantes foliares, micronutrientes e insumos orgânicos.

Outro fator decisivo para o agricultor, ressalta Romanini, é a recuperação de preços das commodities. “Esse processo já está ocorrendo. O produtor rural fica atento a dois fatores nesse período do ano: o clima e o mercado. Como o mercado está reagindo, ele se anima a iniciar o processo de plantio. Mas a situação climática é fundamental. Afinal, não adianta plantar se a chuva não vier”, assinala o presidente da Abisolo.

Essa situação impacta decisivamente sobre o resultado do segmento de nutrição vegetal, que inclui adubos de solo, fertilizantes foliares, organominerais e orgânicos, entre outros insumos. “Nosso segmento para, à espera da decisão do agricultor. Com isso, as indústrias atrasam a compra de matérias-primas, especialmente importadas, e quando o cenário se modificar pode haver problemas de logística para atender à demanda, que certamente se acelerará muito rapidamente”, explica Guilherme Romanini.

A Abisolo (Associação das Indústrias de Fertilizantes Orgânicos, Organominerais, Biofertilizantes, Adubos Foliares, Substratos e Condicionadores de Solos) reúne 62 empresas que representam mais de 60% do mercado de nutrição vegetal no Brasil, relativo ao setor que representa.

Mais informações sobre a Abisolo: www.abisolo.com.br