Notícias

Mapa debate princípio da inovação e desafios para ampliar uso de novas tecnologias

08 de novembro de 2019

Como incentivar a agricultura de precisão e aliar a adoção de novas tecnologias com a formulação de políticas públicas e legislação para o setor de inovação foi um dos temas destacados do Diálogo sobre o Princípio da Inovação, realizado nesta quinta-feira (7), no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

O debate foi coordenado pela Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação com o objetivo de tornar o princípio de inovação uma referência na formulação de políticas públicas e colocar o agro brasileiro nos principais ecossistemas inovadores do país.
 
Um dos destaques da programação foi a palestra proferida por Paul Leonard, diretor e especialista da European Risk Forum, instituição pioneira no mundo no debate sobre o conceito do princípio da inovação. Ele ressaltou as oportunidades relacionadas à inovação disruptiva, que cria novos mercados, agrega valor e muda significativamente a forma como diferentes setores estão estabelecidos, entre eles a agropecuária.
 
O especialista destacou ainda que para avançar em inovação é preciso arriscar e admitir certo grau de incerteza. “Não podemos erradicar os riscos se quisermos progredir”, disse. Para Leonard, questões como inovação, precaução, sustentabilidade e mudanças climáticas não se opõem. “Mas temos que desenvolver a habilidade de inovar e adotar o princípio da precaução de forma sábia e inteligente”, afirmou.
 
A programação do Diálogo contou ainda com a realização de um painel com diretores da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Mapa, que destacaram as novas oportunidades de negócios e as tendências de inovação na agropecuária brasileira com a introdução de tecnologias digitais.
 
Com mediação do secretário de Inovação, Fernando Camargo, o painel também tratou dos benefícios das tecnologias de baixo carbono, a contribuição da atividade agropecuária para produção de água e os resultados da produção integrada, com boas práticas agrícolas, monitoramento e rastreabilidade, entre outros pontos, como edição genômica.
 
Já o segundo painel destacou os desafios de comunicar inovação com a participação de representantes da Confederação Nacional da Indústria (CNI), da Secretaria de Inovações e Negócios da Embrapa, da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) e da recém-criada Crop Life Brasil.

Fonte: Mapa
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

MS é o segundo Estado a emitir Certificado de Inspeção Sanitária por meio eletrônico 14 de julho de 2020 A Iagro vem trabalhando na modernização dos seus sistemas e na facilitação do atendimento e na última sexta-feira implantou oficialmente a o Cert...
Arroba segue firme, sustentada pela escassez de boiada 14 de julho de 2020 Os frigoríficos brasileiros bem que tentaram, na semana passada, frear o movimento de alta nos preços do boi gordo, mas essa estratégia parece que ...
Terça-feira de tempo instável e mudanças no clima 14 de julho de 2020 Mato Grosso do Sul terá terça-feira (14.7) de tempo instável e início de mudanças no clima. A previsão do Centro de Monitoramento do Tempo e do ...
Reinaldo Azambuja cobra no Ministério da Agricultura liberação de R$ 70 milhões em emendas 14 de julho de 2020 Para ampliar investimentos na agricultura familiar de Mato Grosso do Sul, o governador Reinaldo Azambuja cobrou no Ministério da Agricultura, Pecuár...
Regulamentação do uso de drones em atividades agropecuárias é colocada em consulta pública 14 de julho de 2020 A Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) colocou em consulta pública nesta sexta-feira (1...
Com alta de 24,5%, exportações do agro batem recorde para meses de junho e ultrapassam US$ 10 bilhõe 14 de julho de 2020 As exportações do agronegócio foram recordes para os meses de junho nesse mês de junho de 2020, com registros de vendas externas de US$ 10,17 bilh...
MPT investiga casos de Covid-19 e fragilidade na prevenção em 10 frigoríficos no MT 10 de julho de 2020 Um levantamento do Ministério Público do Trabalho (MPT) junto às cinco maiores empresas frigoríficas do Mato Grosso apontou que pelo menos 10 unid...


Foto: Divulgação
Paul Leonard, diretor e especialista da European Risk Forum