Notícias

Mapa debate princípio da inovação e desafios para ampliar uso de novas tecnologias

08 de novembro de 2019

Como incentivar a agricultura de precisão e aliar a adoção de novas tecnologias com a formulação de políticas públicas e legislação para o setor de inovação foi um dos temas destacados do Diálogo sobre o Princípio da Inovação, realizado nesta quinta-feira (7), no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

O debate foi coordenado pela Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação com o objetivo de tornar o princípio de inovação uma referência na formulação de políticas públicas e colocar o agro brasileiro nos principais ecossistemas inovadores do país.
 
Um dos destaques da programação foi a palestra proferida por Paul Leonard, diretor e especialista da European Risk Forum, instituição pioneira no mundo no debate sobre o conceito do princípio da inovação. Ele ressaltou as oportunidades relacionadas à inovação disruptiva, que cria novos mercados, agrega valor e muda significativamente a forma como diferentes setores estão estabelecidos, entre eles a agropecuária.
 
O especialista destacou ainda que para avançar em inovação é preciso arriscar e admitir certo grau de incerteza. “Não podemos erradicar os riscos se quisermos progredir”, disse. Para Leonard, questões como inovação, precaução, sustentabilidade e mudanças climáticas não se opõem. “Mas temos que desenvolver a habilidade de inovar e adotar o princípio da precaução de forma sábia e inteligente”, afirmou.
 
A programação do Diálogo contou ainda com a realização de um painel com diretores da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Mapa, que destacaram as novas oportunidades de negócios e as tendências de inovação na agropecuária brasileira com a introdução de tecnologias digitais.
 
Com mediação do secretário de Inovação, Fernando Camargo, o painel também tratou dos benefícios das tecnologias de baixo carbono, a contribuição da atividade agropecuária para produção de água e os resultados da produção integrada, com boas práticas agrícolas, monitoramento e rastreabilidade, entre outros pontos, como edição genômica.
 
Já o segundo painel destacou os desafios de comunicar inovação com a participação de representantes da Confederação Nacional da Indústria (CNI), da Secretaria de Inovações e Negócios da Embrapa, da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) e da recém-criada Crop Life Brasil.

Fonte: Mapa
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Sexta-feira com pancadas de chuva e máxima de 35°C em Mato Grosso do Sul 06 de dezembro de 2019 O tempo em Mato Grosso do Sul nesta sexta-feira (06.12) deve permanecer instável. A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é de cé...
Decreto regulamenta atualização de cadastro obrigatório para produtores rurais 06 de dezembro de 2019 O Governo do Estado publicou nesta quinta-feira (05), decreto que regulamenta o Proacap (Programa de Atualização do Cadastro da Agropecuária e do E...
Ministério celebra Dia Mundial do Solo com debate sobre produção sustentável 06 de dezembro de 2019 O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento realizou nesta quinta-feira (5) seminário para marcar o Dia Mundial do Solo. A data foi insti...
Boi gordo: vendas de carne continuam sendo o entrave 06 de dezembro de 2019 No fechamento da última quarta-feira (4/12), considerando a praça de São Paulo, a cotação do boi gordo recuou 2,1% e ficou em R$ 215,00/@ à vist...
Sistemas integrados melhoram em até cinco vezes a produtividade de carne 06 de dezembro de 2019 Como passar de 4 a 6 arrobas de carne por hectare ao ano para uma produtividade pecuária de 20 a 30 arrobas por ha/ano? Para o pesquisador Luiz Adria...
Prazo para cadastro das áreas de cultivo de soja em MS termina dia 10 de janeiro 06 de dezembro de 2019 O prazo para registro das áreas onde os produtores de Mato Grosso do Sul farão o cultivo da soja na safra 2019/2020 termina dia 10 de janeiro. O reg...
Ministério assina contrato com o BID para destinar US$ 200 milhões para a Defesa Agropecuária 06 de dezembro de 2019 O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento assinou nesta quarta-feira (4) o contrato de empréstimo com o Banco Interamericano de Desenvo...


Foto: Divulgação
Paul Leonard, diretor e especialista da European Risk Forum