Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
38ºmax
26ºmin
Pecuária

Cai a quantidade de negócios entre pecuaristas e frigoríficos

23 outubro 2017 - 00h00Por Scot Consultoria

Durante a semana o anúncio da paralização das compras pelo frigorífico JBS em Mato Grosso do Sul e o anúncio de férias coletivas em plantas da mesma empresa no Pará, fez com que o mercado perdesse fôlego.

A quantidade de negócios despencou.

As praças pecuárias de São Paulo, Goiás e Minas Gerais puxaram o freio de mão.

O que se assistiu na última sexta-feira (20/10), foram ofertas de compra abaixo da referência e mesmo compradores fora do negócio. Devagar, quase parando.

Nas demais regiões pecuárias o mercado está estável. A oferta de boiadas não está abundante, afinal estamos em plena entressafra.

Leia Também

Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Coronavírus
Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Mercado Externo
Arábia Saudita retoma importação de frigoríficos de MG após embargo de 10 dias
As compras haviam sido suspensas no dia 6, após a confirmação de um caso atípico do "mal da vaca louca" no Estado
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Meio Ambiente
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados
Feiras & Eventos
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados