Menu
Busca sábado, 18 de setembro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
38ºmax
22ºmin
Notícias

Margem de comercialização dos frigoríficos está em patamar elevado

16 junho 2017 - 00h00Por Scot Consultoria

Em algumas regiões o cenário ainda é de pressão de baixa para o mercado do boi gordo. O aumento de oferta e o consequente alongamento das escalas são fatores que colaboram para isto.

Entretanto, este cenário não é comum em algumas regiões. O frigorífico JBS segue pagando preços acima da referência, colaborando para maior firmeza nas cotações. Esse cenário é observado principalmente em Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul.

Em São Paulo, a arroba do macho terminado ficou cotada em R$ 128,50/@, à vista, livre de Funrural, estabilidade frente ao último fechamento. No estado, as tentativas de compra chegam a R$ 127,00/@ e as escalas de abate giram em torno de seis dias.

No mercado atacadista de carne bovina com osso os preços estão estáveis. O boi casado de animais castrados está cotado em R$ 9,07/kg.

Já para a carne sem osso os preços caíram 1,2% em média, em relação à semana anterior. Mesmo com as últimas quedas, a margem de comercialização dos frigoríficos que fazem a desossa, está em patamar historicamente elevado.

Leia Também

Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Coronavírus
Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Mercado Externo
Arábia Saudita retoma importação de frigoríficos de MG após embargo de 10 dias
As compras haviam sido suspensas no dia 6, após a confirmação de um caso atípico do "mal da vaca louca" no Estado
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Meio Ambiente
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados
Feiras & Eventos
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados