Notícias

Em disputa por terras, índios bloqueiam estrada no sul de MS

11 de novembro de 2013

A tropa leva o gado para uma área arrendada, medida adotada por um pecuarista depois que a fazenda dele foi ocupada por índios guarani-kaiowá da aldeia Porto Lindo, há duas semanas. A propriedade fica no município de Japorã, extremo sul do estado.

 
O rebanho de 500 cabeças agora está em uma área pequena. Segundo o produtor, Ivagner José Varago, o pasto não é suficiente para a alimentação. Para evitar mais prejuízos, o produtor já vendeu metade do rebanho.
As 14 fazendas ocupadas pelos indígenas desde outubro totalizam 9,46 mil hectares. A área é reivindicada pelos índios há 10 anos.
 
Os fazendeiros entraram na Justiça pedindo a reintegração de posse, mas apenas em uma fazenda a Justiça determinou que os indígenas saíssem.
 
Na quarta-feira passada (6), o oficial de Jjustiça tentou entregar a determinação de reintegração de posse, mas os índios se recusaram a recebê-lo.
 
Em protesto à decisão da Justiça, os índios bloquearam um trecho da MS-386, que liga Japorã a Iguatemi. A única opção de desvio passa por dentro de uma das fazendas onde estão os indígenas e apenas ambulâncias e carros oficiais estão usando esse caminho.
 
Durante o mês de novembro, Mato Grosso do Sul realiza a segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, mas muitos produtores da região não estão conseguindo vacinar o rebanho. “Eu encontrei a estrada impedida pelos índios, que não deixaram a gente passar, agora eu espero que eles liberem", diz a criadora Aparecida Varago.
 
Como os índios se negaram a receber a notificação de reintegração de posse, a Justiça ainda não informou como e quando ela será realizada.

Fonte: G1
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Peculiaridades de MS são inseridas em propostas da CNA para Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018 21 de fevereiro de 2017 O workshop desta segunda-feira (20), conduzido pelo presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Mauricio Saito...
Com baixo consumo, preço da carne bovina cai 7% em Campo Grande 21 de fevereiro de 2017 Queda na arroba do boi além do consumo ainda desaquecido e migração das famílias para outras opções de proteína mais baratas, como o frango e c...
Safras de milho e soja da Argentina têm boas condições após chuvas, dizem analistas 21 de fevereiro de 2017 Chuvas nas principais regiões produtoras de grãos da Argentina na última semana favoreceram as safras de soja e milho 2016/17 do país, que estão ...
Oferta de fêmeas aumenta e ajuda a pressionar cotações da arroba em MS 21 de fevereiro de 2017 No Mato Grosso do Sul o mercado do boi gordo está bastante ofertado, promovendo recuos expressivos nos preços.A gestora do departamento econômico d...
Mapa disponibiliza relatório de subvenção ao prêmio do seguro rural 21 de fevereiro de 2017 O detalhamento da execução do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PRS), em 2016, com orçamento de R$ 400 milhões, 41,8% acima do d...
Na volta do feriado nos EUA, soja opera alta nesta 3ª com suporte de chuvas na Argentina 21 de fevereiro de 2017 O mercado da soja na Bolsa de Chicago voltou do feriado nos EUA atuando em campo positivo nesta terça-feira (21). Por volta de 7h10 (horário de Bras...
Piso salarial do trabalhador rural de MS será de R$ 1.036 a partir de março 21 de fevereiro de 2017 A partir do dia 1º de março, o piso salarial do trabalhador rural de Mato Grosso do Sul será de R$ 1.036, com vigência  até 28 de fevere...