Notícias

Conab mantém previsão de safra recorde de grãos em MS

11 de novembro de 2013

O segundo levantamento da safra de grãos 2013/2014, que foi divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), nesta sexta-feira (8), mantém a previsão feita na estimativa anterior de que Mato Grosso do Suldeverá ter uma produção recorde neste ciclo, a maior da história do estado.

 
O volume deve ficar entre 14,2 milhões de toneladas e 14,3 milhões de toneladas, o que deve representar um crescimento entre 2% a 3% frente as 13,9 milhões de toneladas colhidas pelos agricultores sul-mato-grossenses na safra 2012/2013.
 
Dessa produção, 53,68% deve vir do milho. Somando a colheita do cereal na safra de verão e na de inverno (safrinha), o estado deve produzir neste ciclo 7,7 milhões de toneladas. Aproximadamente 96,7% desse volume, o que representa 7,4 milhões de toneladas, deve vir da safrinha.
 
Apesar da estimativa apontar que o milho deverá continuar nesta safra sendo o principal produto agrícola do estado em volume, a produção deverá sofrer uma redução discreta, entre 1,5% e 1,7%, em relação ao ciclo anterior, quando os produtores de Mato Grosso do Sul colheram 7,8 milhões de toneladas do grão.
 
Quanto a soja, os números da Conab apontam que os agricultores do estado vão seguir a tendência que tem se repetido em âmbito nacional, a de investir mais na cultura em razão dos preços remuneradores do mercado nos últimos anos.
 
Em Mato Grosso do Sul, a área cultivada com a oleaginosa deve crescer entre 3% e 5%, passando de 2 milhões de hectares na safra passada para até 2,1 milhões de hectares neste ciclo e a produtividade, conforme a estimativa, aumentar 4,2%, subindo de 2.880 quilos por hectare para 3 mil quilos por hectare.
 
Com maior área cultivada e maior produtividade, a projeção é de um incremento entre 7,3% e 9,4% na produção de soja em Mato Grosso do Sul, que deve ficar entre 6,2 milhões de toneladas e 6,3 milhões de toneladas.

Fonte: Agrodebate
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

África do Sul abre mercado para a manga brasileira 16 de julho de 2018 Autoridades sul-africanas concluíram os requisitos e aprovaram o modelo de Certificado Fitossanitário para a importação de mangas do Brasil. De ac...
Câmara dos Deputados aprova MP que impede União de retomar lote hipotecado 16 de julho de 2018 A Câmara dos Deputados aprovou nesta semana a Medida Provisória 824, que impede o estado de retomar lote cedido para projeto público de irrigação...
Dificuldade na compra de boiadas e escoamento lento mantém cotações equilibradas 16 de julho de 2018 Os negócios ocorrem de forma mais comedida no mercado do boi gordo. De maneira geral há irregularidade na oferta. É cada vez mais difícil encontra...
Saldo da balança do agro em junho é de US$ 8,17 bilhões 16 de julho de 2018 A Secretaria de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento divulgou nesta sexta-feira (13) o resultado das exp...
Colheita do milho chega a 25% no Centro-Sul 16 de julho de 2018 O levantamento da consultoria AgRural mostra que, com ritmo acelerado apenas em Mato Grosso e grande atraso no Paraná, a colheita da safrinha de milh...
Guerra comercial pode beneficiar soja brasileira 16 de julho de 2018 Em resposta à sobretaxa imposta pelos Estados Unidos a produtos chineses, o país asiático anunciou medidas contra importações de produtos norte-a...
Preços da carne bovina estão em queda no varejo 16 de julho de 2018 Carne sem osso sem força no varejo. Segundo levantamento da Scot Consultoria, em São Paulo a queda no preço foi de 0,3% nesta semana. Em Minas Gera...