Notícias

Conab mantém previsão de safra recorde de grãos em MS

11 de novembro de 2013

O segundo levantamento da safra de grãos 2013/2014, que foi divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), nesta sexta-feira (8), mantém a previsão feita na estimativa anterior de que Mato Grosso do Suldeverá ter uma produção recorde neste ciclo, a maior da história do estado.

 
O volume deve ficar entre 14,2 milhões de toneladas e 14,3 milhões de toneladas, o que deve representar um crescimento entre 2% a 3% frente as 13,9 milhões de toneladas colhidas pelos agricultores sul-mato-grossenses na safra 2012/2013.
 
Dessa produção, 53,68% deve vir do milho. Somando a colheita do cereal na safra de verão e na de inverno (safrinha), o estado deve produzir neste ciclo 7,7 milhões de toneladas. Aproximadamente 96,7% desse volume, o que representa 7,4 milhões de toneladas, deve vir da safrinha.
 
Apesar da estimativa apontar que o milho deverá continuar nesta safra sendo o principal produto agrícola do estado em volume, a produção deverá sofrer uma redução discreta, entre 1,5% e 1,7%, em relação ao ciclo anterior, quando os produtores de Mato Grosso do Sul colheram 7,8 milhões de toneladas do grão.
 
Quanto a soja, os números da Conab apontam que os agricultores do estado vão seguir a tendência que tem se repetido em âmbito nacional, a de investir mais na cultura em razão dos preços remuneradores do mercado nos últimos anos.
 
Em Mato Grosso do Sul, a área cultivada com a oleaginosa deve crescer entre 3% e 5%, passando de 2 milhões de hectares na safra passada para até 2,1 milhões de hectares neste ciclo e a produtividade, conforme a estimativa, aumentar 4,2%, subindo de 2.880 quilos por hectare para 3 mil quilos por hectare.
 
Com maior área cultivada e maior produtividade, a projeção é de um incremento entre 7,3% e 9,4% na produção de soja em Mato Grosso do Sul, que deve ficar entre 6,2 milhões de toneladas e 6,3 milhões de toneladas.

Fonte: Agrodebate
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Preços dos alimentos contribuíram para a queda da inflação 18 de dezembro de 2017 O comportamento dos preços dos alimentos mais uma vez contribuiu para conter a inflação, que está estimada em 2,88%, no fechamento do ano, segundo...
Mercado de reposição: aquecido de um lado, travado de outro 18 de dezembro de 2017 Por um lado, há regiões com mercado travado, com poucas negociações. Isso porque as chuvas ainda não foram suficientes para a melhoria das pastag...
Mercado do boi gordo segue firme 18 de dezembro de 2017 Algumas indústrias, as que estão com escalas de abate mais confortáveis, aproveitam o momento e testam o mercado, ofertando preços abaixo da refer...
Núcleo de Criadores de Girolando MS homenageiam Jonatan Barbosa com troféu 14 de dezembro de 2017 O presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Jonatan Pereira Barbosa, recebeu hoje das mãos de diretores do Núcleo d...
Morre Bacana da MN, destaque da bateria Nelore da CRV Lagoa 14 de dezembro de 2017 Mais um grande touro deixa o cenário pecuário em 2017. No dia 9 de dezembro morreu C8288 da MN, também conhecido como Bacana da MN. O reprodutor, q...
Categorias mais eradas movimentam o mercado de reposição de bovinos 14 de dezembro de 2017 Com as pastagens em plena recuperação, os invernistas buscam animais de categorias mais eradas para serem terminados no período das águas, realiza...
Mercado do boi gordo firme; arroba cai em Campo Grande 14 de dezembro de 2017 Com exceção das praças pecuárias de Campo Grande-MS, Norte do Tocantins e Sudeste de Rondônia, onde a cotação da arroba do boi gordo caiu na ú...