Notícias

Conab mantém previsão de safra recorde de grãos em MS

11 de novembro de 2013

O segundo levantamento da safra de grãos 2013/2014, que foi divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), nesta sexta-feira (8), mantém a previsão feita na estimativa anterior de que Mato Grosso do Suldeverá ter uma produção recorde neste ciclo, a maior da história do estado.

 
O volume deve ficar entre 14,2 milhões de toneladas e 14,3 milhões de toneladas, o que deve representar um crescimento entre 2% a 3% frente as 13,9 milhões de toneladas colhidas pelos agricultores sul-mato-grossenses na safra 2012/2013.
 
Dessa produção, 53,68% deve vir do milho. Somando a colheita do cereal na safra de verão e na de inverno (safrinha), o estado deve produzir neste ciclo 7,7 milhões de toneladas. Aproximadamente 96,7% desse volume, o que representa 7,4 milhões de toneladas, deve vir da safrinha.
 
Apesar da estimativa apontar que o milho deverá continuar nesta safra sendo o principal produto agrícola do estado em volume, a produção deverá sofrer uma redução discreta, entre 1,5% e 1,7%, em relação ao ciclo anterior, quando os produtores de Mato Grosso do Sul colheram 7,8 milhões de toneladas do grão.
 
Quanto a soja, os números da Conab apontam que os agricultores do estado vão seguir a tendência que tem se repetido em âmbito nacional, a de investir mais na cultura em razão dos preços remuneradores do mercado nos últimos anos.
 
Em Mato Grosso do Sul, a área cultivada com a oleaginosa deve crescer entre 3% e 5%, passando de 2 milhões de hectares na safra passada para até 2,1 milhões de hectares neste ciclo e a produtividade, conforme a estimativa, aumentar 4,2%, subindo de 2.880 quilos por hectare para 3 mil quilos por hectare.
 
Com maior área cultivada e maior produtividade, a projeção é de um incremento entre 7,3% e 9,4% na produção de soja em Mato Grosso do Sul, que deve ficar entre 6,2 milhões de toneladas e 6,3 milhões de toneladas.

Fonte: Agrodebate
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Meteorologia prevê calor acima dos 40°C para esta quinta-feira no Estado 19 de setembro de 2019 A influência de ventos do quadrante sul, provocou nebulosidade e leve queda nas temperaturas em grande parte de Mato Grosso do Sul nesta quarta-feira...
ILPF puxa produtividade pecuária e achata produtor menos tecnificado 19 de setembro de 2019 Os elevados índices de produtividade da pecuária em sistema de integração com lavoura e floresta, a ILPF, tendem a elevar a competitividade do set...
Pastos com menor capacidade de suporte geram lentidão no mercado de reposição 19 de setembro de 2019 A demanda está fria no mercado de reposição, o que justifica a lenta movimentação desta semana. Além da qualidade fraca dos pastos, os comprador...
Grupo de trabalho inicia atividades do Observatório da Agropecuária 19 de setembro de 2019 O grupo de trabalho criado para identificar os sistemas e bases de informações que vão fazer parte do Observatório da Agropecuária Brasileira ini...
Confinamento deve crescer para até 5,5 milhões de cabeças 19 de setembro de 2019 O Brasil deve confinar este ano entre 5,3 milhões e 5,5 milhões de bovinos, aumento de 4,5% a 8,5% ante 5,07 milhões de animais engordados no cocho...
Preço do boi gordo sobe em quatro praças 19 de setembro de 2019 Na última terça-feira (17/9), os preços do boi gordo subiram no Norte de Minas Gerais, na região de Três Lagoas-MS, no Oeste do Maranhão e no Su...
Kuwait abre mercado para mel do Brasil 19 de setembro de 2019 A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) anunciou nesta quarta-feira (18) a abertura do mercado do Kuwait para o mel do Bra...