Notícias

Consumo ajuda e preço da carne bovina sobe

11 de novembro de 2013

Os preços da carne bovina sem osso subiram pela segunda semana seguida. A valorização acumulada no período foi de 1,2%.

A carne ficou 0,5% mais cara nos últimos sete dias.

 

Os cortes de traseiro estão nas maiores cotações do ano, R$14,53/kg, em média.

 

Apesar do cenário das últimas semanas, de dificuldade de escoamento, que fez os frigoríficos pressionarem por pagamentos menores para arroba do boi gordo, os preços atuais são 7,36% maiores que no mesmo período de 2012.

 

Valorização de quase dois pontos percentuais e meio acima da inflação oficial calculada pelo Índice Geral de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que para os últimos dozes meses está em 5,84%.

 

Ou seja, a situação de venda para o frigorífico melhorou.

 

A pressão sobre as margens vem da matéria prima, o boi gordo, 10,2% mais caro que em 2012, no mesmo período. 

 

Considerando que a demanda tem absorvido o aumento de produção deste ano, existe limitação para incremento ainda maior no consumo. Com isto diminui a possibilidade de repasse dos preços mais altos do boi gordo, o que resulta em margem menor para a indústria.

 

Ou seja, o consumo fez sua parte até certo ponto. Ajudou o segmento.

 

Principalmente quando a comparação é feita com 2012, ano em que a margem de comercialização da indústria foi recorde.


Fonte: Scot Consultoria
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Quarta-feira de tempo firme na maior parte do MS; umidade do ar em estado de atenção 23 de janeiro de 2019 Ao longo desta quarta-feira (23.01), a faixa norte de Mato Grosso do Sul poderá ter um dia parcialmente nublado com pancadas de chuvas acompanhada de...
Reinaldo anuncia metas na infraestrutura e quer prioridade ao escoamento da safra 23 de janeiro de 2019 O governador Reinaldo Azambuja anunciou que o Estado fará um replanejamento do sistema viário para estabelecer as obras prioritárias que serão exe...
Exportações com milho mantém desempenho positivo 23 de janeiro de 2019 Novos reajustes positivos para as cotações do cereal. O último indicador do CEPEA (21/jan) subiu 1,51% elevando a referência do físico para R$ 38...
Mercado do boi gordo com baixa movimentação em todas as praças 23 de janeiro de 2019 A quarta semana do ano começou com os compradores e vendedores analisando o mercado. Isso fez com que houvesse mais especulação do que negócios se...
Algumas áreas de algodão em MS foram replantadas por conta da estiagem 23 de janeiro de 2019 A Ampasul, Associação Sul-Mato-Grossense dos Produtores de Algodão publicou mais um informativo do seu programa Boas Práticas Fitossanitárias do ...
Recuo nas cotações da carne bovina no atacado 23 de janeiro de 2019 São três semanas seguidas de reajustes negativos no preço da carne bovina sem osso vendida no mercado atacadista. Desde o final de dezembro de 2018...
Nova fronteira agrícola será tema de congresso em Campo Grande 23 de janeiro de 2019 Os solos arenosos serão o centro do debate entre os dias 07 e 10 de maio, quando Campo Grande (MS) receberá o III Simpósio Brasileiro de Solos Aren...