Notícias

Produção de grãos pode ultrapassar 196 milhões de t

11 de novembro de 2013
A safra brasileira de grãos na produção de 2013/14 está estimada entre 192,4 e 196,6 milhões de toneladas, que representa alta percentual entre 3 e 5,3%, respectivamente, em relação à temporada anterior. O resultado é do segundo levantamento, apurado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e divulgado nesta sexta-feira, 8 de novembro.
 
Destaque para as culturas de soja, algodão, trigo e feijão de primeira safra que obtiveram crescimentos, uns em áreas plantadas e outros em produção. A soja tem como produção situada entre 87,9 e 90,2 milhões de toneladas e a área, entre 28,8 e 29,5 milhões de hectares. A estimativa é que o aumento da soja fique entre 3,7 e 6,4% em relação à área plantada e já apresenta um crescimento na produção de 7,8 a 10,7% (6,36 a 8,73 milhões de toneladas).
 
A área plantada do algodão deve apresentar um incremento percentual de 16,5 a 22%, com a estimativa de crescimento na produção entre 21,8 a 27,6%. O trigo tem uma elevação de 15,1% no aumento da área e 9,9% em crescimento de produção.
 
O feijão primeira safra sai de 1,13 milhão de hectares no último estudo para 1,17 e 1,21 milhão de hectares, com um incremento que varia de 3,9 a 8%. O crescimento da produção desta cultura fica entre 24,8% a 29,4%. Aproximadamente 48,2% da produção do feijão primeira safra é feita na região Sul, considerando a safra passada, com destaque para o estado do Paraná.
 
A área plantada da atual safra pode variar entre 53,34 e 55,53 milhões de hectares, um aumento de 2 a 4,2% em relação à cultivada na safra 2012/13, que totalizou 53,27 milhões de hectares.
 
A pesquisa foi feita pelos técnicos da Conab no período de 28 de outubro a 1º de novembro, nas principais regiões produtoras de grãos do país.

Fonte: Ministério da Agricultura
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Custos de produção da pecuária leiteira têm nova queda em maio 22 de maio de 2017 Os custos de produção da pecuária leiteira tiveram nova queda em maio. Foi o quarto mês consecutivo de queda.As quedas nas cotações dos alimento...
Demanda mundial em alta dá sustentação ao farelo de soja 22 de maio de 2017 A alta demanda pelo grão, principalmente da China, e o atraso do plantio nos Estados Unidos, devido às más condições climáticas, pontualmente de...
Baixa movimentação no mercado de reposição 22 de maio de 2017 O mercado de reposição ainda não está a todo vapor e os negócios não avançam de forma geral.O cenário do mercado do boi gordo, muito tumultuad...
Mercado do boi gordo especulado e com muita incerteza 22 de maio de 2017 As delações da semana que passou não refletiram somente no cenário político do país. Incerteza e especulação cresceram no mercado do boi gordo...
Saiba como definir uma suplementação nutricional estratégica durante o período das secas 22 de maio de 2017 Gustavo Rezende Siqueira é formado em zootecnia pela Universidade Federal de Lavras, possui mestrado e doutorado pela UNESP, campus de Jaboticabal e ...
Monopólio da JBS: Pecuarista não tem alternativa de venda e amarga prejuízos 22 de maio de 2017 Realizando somente compras no prazo com 30 dias e sendo a única unidade de abate em muitas regiões do país, pecuaristas estão sem alternativa de v...
JBS admite que atuou no câmbio nos últimos dias e disse que prática visava a 'proteção financeira' 22 de maio de 2017 A JBS admitiu que comprou dólar nos últimos dias e disse que movimentações "seguem alinhadas à sua política de gestão de riscos e proteç...