Mercado do boi gordo segue lento em várias praças pecuárias

23 de janeiro de 2020

Normalmente, às terças-feiras, o mercado do boi gordo está mais definido e o fluxo de negócios é maior. Contudo, no fechamento da última terça-feira (21/1) algumas indústrias estavam fora das compras. Este cenário se deu, principalmente, em São Paulo.

As programações de abate dos frigoríficos paulistas estão, em média, com quatro dias. E não há interesse em prolongamento, já que os compradores não querem trabalhar com estoques caros caso o mercado da carne desande. Por outro lado, como a oferta de gado está comedida, quando há pressão sobre os preços da arroba do boi gordo, é difícil fechar negócio.
Fonte: Scot Consultoria