Notícias

Puxadas pelo milho, exportações do agro atingem US$ 8,4 bilhões em outubro

08 de novembro de 2019

As vendas externas do milho registraram valor e quantidade recorde exportada para o mês de outubro. As exportações de milho foram de US$ 1 bilhão (+91,3%). A quantidade exportada do grão foi também recorde, de 3,1 milhões para 6,14 milhões toneladas exportadas (+97,6%).

Segundo a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a safra recorde de milho de quase 100 milhões de toneladas, segundo levantamento da Conab (setembro/2019), foi o principal fator que possibilitou o incremento das vendas externas do cereal.
 
Outro produto que mereceu destaque nas exportações de outubro foi o algodão. As exportações do algodão (não cardado nem penteado) alcançaram US$ 440,73 milhões (+43,7%), correspondendo a 273,4 mil toneladas.
 
Foram exportados US$ 1,53 bilhão em carnes em outubro. Destacaram-se as exportações de carne bovina, com registros recordes de valor e quantidade, US$ 806,61 milhões (+30,4%) e 185,4 mil toneladas (+14,9%). As vendas de carne suína também subiram, atingindo US$ 148,51 milhões (+38,5%) e 67,1 mil toneladas. Por outro lado, as vendas externas de carne de frango caíram 7,8%, atingindo US$ 529,13 milhões ou 326,9 mil toneladas (-8,3%).
 
Exportações totais
 
As exportações do agronegócio foram de US$ 8,41 bilhões em outubro deste ano, crescimento de 0,8% em relação aos US$ 8,35 bilhões no mês do ano anterior. O aumento das exportações ocorreu em função do crescimento da quantidade exportadas (+6,8%). Por outro lado, o índice de preço das exportações teve redução de 5,7% na comparação com outubro de 2018.
 
As importações dos produtos do agronegócio também cresceram, passando de US$ 1,19 bilhão em outubro de 2018 para US$ 1,21 bilhão em outubro de 2019 (+1,3%). A participação do agronegócio na balança comercial de outubro ficou em 46% do total exportado.

Fonte: Mapa
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

PIB-Agro/CEPEA: PIB do agro segue em alta, mas covid-19 reduz o ritmo 07 de julho de 2020 O PIB do agronegócio brasileiro seguiu em alta em abril, sendo o quarto mês de avanço consecutivo. De acordo com cálculos do Cepea (Centro de Estu...
Naturafrig planeja reabrir unidade de Mato Grosso do Sul em 13 de julho 07 de julho de 2020 Em conversa nesta sexta-feira (3/7) com a DBO, a assessoria de imprensa da Naturafrig Alimentos disse que a empresa frigorífica pretende reabrir a su...
Boi gordo segue firme, de olho na reação do consumo interno 07 de julho de 2020 Nesta segunda-feira, 6 de julho, restaurantes e bares da cidade de São Paulo, principal centro consumidor de carne bovina no Brasil, voltaram a abrir...
Saldo da balança comercial de MS no 1º semestre cresce 28,27% e chega a US$ 1,99 bilhão 07 de julho de 2020 O saldo da balança comercial de Mato Grosso do Sul no primeiro semestre de 2020 teve um crescimento de 28,27% em relação ao mesmo período de 2019 ...
Tempo parcialmente nublado e máxima de 34°C 07 de julho de 2020 A terça-feira (7.7) será de aumento de nuvens em praticamente todas as áreas de Mato Grosso do Sul. Análise do Centro de Monitoramento do Tempo e ...
Com incêndio se propagando no Pantanal, tempo seco será crítico em MS até setembro 07 de julho de 2020 Com um grande incêndio florestal ocorrendo há uma semana no Paraguai-Mirim, região do Pantanal de Corumbá, o período mais seco em Mato Grosso do ...
Com maior participação da China, exportação de carne bovina cresce 28% em junho 07 de julho de 2020 A exportação de carne bovina brasileira atingiu recorde de 172.361 toneladas em junho. O crescimento foi de 28% em comparação com igual mês do an...


Foto: Divulgação
As exportações do algodão (não cardado nem penteado) alcançaram US$ 440,73 milhões (+43,7%), correspondendo a 273,4 mil toneladas