Notícias

Iagro emite nota sobre casos de suspeita de mormo em MS

10 de outubro de 2019

O Mormo é uma doença infectocontagiosa dos equídeos (muares, asininos e equinos), causada pela bactéria Burkholderia mallei, que pode ser transmitida ao homem e eventualmente a outros animais. Os equídeos podem apresentar, dentre outros sintomas clínicos, febre, descargas nasais mucopurulentas (catarro), presença de nódulos subcutâneos e pneumonia. 

A doença é de Notificação Obrigatória ao Serviço Veterinário Oficial, conforme a Instrução Normativa/MAPA nº 50 de 24/09/13 e toda suspeita de Mormo deve ser notificada à IAGRO para atendimento conforme a Instrução Normativa/ MAPA nº 06 de 16/01/18. As medidas adotadas nas suspeitas incluem a interdição da propriedade e/ou unidade epidemiológica e realização do exame confirmatório, pela técnica de Western Blotting (WB), no laboratório oficial do MAPA. 
 
Caso o animal seja confirmado positivo, outras medidas são adotadas no foco como: eutanásia do animal, realização de testes de diagnóstico no restante do plantel e investigação de vínculos epidemiológicos. Informamos que entre os anos de 2015 e 2018, foram registradas 247 notificações de suspeita no MS sendo que destas a doença foi confirmada em 26 propriedades e os focos encontram-se saneados. 
 
Em 2019, até o presente momento, tivemos 16 notificações de suspeitas em diversos municípios, sendo que 12 estão encerradas, 04 estão aguardando o resultado do WB, nos municípios de Campo Grande e Rio Negro, e 01 foco foi confirmado no município de Aparecida do Taboado. Em relação ao caso ocorrido no local que receberia evento de aglomeração dias 04 a 06/10 em Campo Grande, informamos que se trata ainda de uma suspeita e cujo exame confirmatório está em processamento. 
 
O cancelamento do referido evento foi em virtude da constatação técnica de que a unidade epidemiológica suspeita envolvia também o local da prova, sendo assim, essa medida foi adotada para salvaguardar outros equídeos que participariam do certame. Ressaltamos ainda que todas as ações da IAGRO estão baseadas em legislações normatizadas pelo MAPA e que a coordenação do PNSE na IAGRO está avaliando e monitorando todas as medidas.

Fonte: Semagro
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Boi gordo firme, apesar da baixa movimentação no início da semana 23 de outubro de 2019 Parte das indústrias aguardava um posicionamento mais claro do mercado para definir os preços de balcão na última segunda-feira (21/10). Contudo, ...
Pavilhão Brasil é inaugurado na Fruit Attraction 2019 na Espanha 23 de outubro de 2019 O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o Ministério das Relações Exteriores (MRE), em parceria com Associação Brasileir...
Forte alta no preço da carne bovina no atacado 23 de outubro de 2019 Na última semana, na média de todos os cortes pesquisados pela Scot Consultoria, a carne bovina vendida pelo atacado ficou 2,8% mais cara. Uma alta ...
FPA quer garantir que exportação de produtos agropecuários continue isenta de ICMS 23 de outubro de 2019 A preocupação com alterações na Lei Kandir permanece na pauta da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). A PEC 42/2019, que está para ser vota...
Câmara do Agro 4.0 apresenta as principais demandas para ampliar o uso de novas tecnologias 23 de outubro de 2019 A Câmara do Agro 4.0 iniciou os trabalhos nesta terça-feira (22), durante a programação da 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, apre...
Sebo bovino subiu 17,1% no segundo semestre 23 de outubro de 2019 Dados divulgados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) apontam que a produção de biodiesel aumentou em agosto e...
Chineses estudam ampliar investimento em plantas de açúcar no Brasil 23 de outubro de 2019 A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) reuniu-se nesta terça-feira (22), em Pequim, com o presidente da Cofco, Jun Lyu. ...


Foto: Divulgação
O Mormo é uma doença infectocontagiosa dos equídeos (muares, asininos e equinos), causada pela bactéria Burkholderia mallei