Notícias

Estado vai submeter pedido da Acrissul de reduzir ICMS do bezerro a estudo técnico

19 de julho de 2019
Em resposta ao requerimento encaminhado pela Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), para reduzir o ICMS sobre operações interestaduais para venda de bezerros, a Secretaria de Fazenda irá submeter o pedido a estudos técnicos mais aprofundados para subsidiar uma tomada de decisões.
 
Conforme correspondência enviada pelo secretário de Fazenda de MS, Felipe Mattos, o atual cenário econômico não recomenda a adoção de medidas que possam impactar negativamente na arrecadação do Estado.
 
Ao analisar o pedido encaminhado pela Acrissul, o secretário esclareceu que as alíquotas aplicáveis às operações e prestações, interestaduais e de exportação, são estabelecidas por resolução do Senado Federal, de iniciativa do Presidente da República ou de um terço dos senadores, aprovada pela maioria absoluta de seus membros.
 
Desta forma, atualmente a Resolução nr. 22/89 do Senado Federal fixa em 12% a alíquota do ICMS nas operações interestaduais e, em 7% a aliquota nas operações e prestações realizadas nas regiões Sul e Sudeste, destinadas às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e ao estado do Espírito Santo.
 
Outra saída para amenizar a carga tributária no segmento seria através de concessão de benefício fiscal pelo Estado, por redução da base de cálculo ou por crédito presumido. Entretanto há uma lei complementar que exige que isso seja feito através de um convênio no âmbito do CONFAZ (Conselho Nacional de Política Fazendária), com a aprovação unânime dos Estados e do Distrito Federal.
 
Segundo ainda o secretário de Fazenda, na hipótese de benefício fiscal, há que se analisar o disposto na Lei de Responsabilidade Fiscal, que impõe algumas justificativas para a concessão, como estimativa de impacto orçamentário-financeiro nos exercícios futuros, a garantia de que a medida não afetará as metas fiscais previstas e a observação de medidas de compensação.
 
Para o presidente da Acrissul, a entidade aguardará os trâmites necessários e que continuará vigilante em defesa dos interesses do setor agropecuário e de medidas que contribuirão para o engrandecimento da economia estadual, baseada fundamentalmente na produção rural.
 

Fonte: Da Assessoria | Acrissul
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Meteorologia prevê sexta-feira com chuva e nebulosidade nas regiões sul e sudoeste do Estado 23 de agosto de 2019 O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indica possibilidade de chuvas isoladas para esta sexta-feira (23.08) em algumas cidades de Mato Grosso d...
Milho apresenta piora no poder de compra do pecuarista em agosto 23 de agosto de 2019 Os preços do milho subiram no mercado interno em agosto acompanhando a valorização do dólar e a expectativa de uma boa movimentação para exporta...
Autorizações de pesca são prorrogadas por 240 dias 23 de agosto de 2019 Foi publicada nesta quinta-feira (22), no Diário Oficial da União (DOU), a Instrução Normativa (IN) 31, prorrogando as autorizações de pesca por...
Corredor Rodoviário Bioceânico avança em frentes estratégicas para a efetivação do projeto 23 de agosto de 2019 Os resultados apresentados na 8ª Reunião do Grupo de Trabalho do Corredor Rodoviário Bioceânico, realizada nos dias 21 e 22 de agosto em Campo...
Produção total de etanol deve ficar em 31,6 bilhões de litros em 2019 23 de agosto de 2019 Este ano o Brasil deverá produzir 30,3 bilhões de litros de etanol da cana-de-açúcar e mais 1,35 bilhão de litros a partir do milho, o que dá um...
Ferramenta do Senar/MS é capaz de aumentar produtividade da colmeia e ser termômetro apícola 23 de agosto de 2019 Uma planilha criada pela Assistência Técnica e Gerencial do Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural tem ajudado apicultores de Mato...
Brasil sediará reunião da Comissão Interamericana de Agricultura Orgânica em 2020 23 de agosto de 2019 O Brasil foi escolhido para sediar a XII Reunião Ordinária da Comissão Interamericana de Agricultura Orgânica (CIAO), em 2020. A decisão foi toma...


Foto: Reprodução
Redução da alíquota do ICMS do bezerro para vendas interestaduais aumentaria a competitividade do Estado, puxando toda a cadeia produtiva