Notícias

Workshop internacional capacita profissionais da indústria da pesca para atender Europa

16 de julho de 2019

Começou nesta segunda-feira (15), em Itajaí (SC), o Workshop Internacional de Capacitação das Indústrias de Aquicultura e Pesca para o Mercado Europeu. O evento é promovido pela Secretaria de Aquicultura e Pesca, em parceria com a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

A abertura do evento contou com a presença do secretário de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Jr, do representante da FAO no Brasil, Rafael Zavala, do prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, e do presidente do Sindicato dos Armadores e das Indústrias de Pesca de Itajaí e Região (Sindipi), Jorge Neves. 
 
As aulas ocorrerão até o dia 19 de julho na sede do sindicato e serão ministradas por especialistas internacionais da FAO que abordarão aspectos sobre sanidade e inocuidade dos produtos pesqueiros destinados ao mercado europeu.
 
“Pedimos o apoio da FAO para que as nossas empresas e indústrias exportadoras estivessem de acordo e preparadas para o novo momento do Brasil e para que estejam de acordo com as normas internacionais de sanidade de peixe. A FAO está aqui com palestrantes internacionais preparando empresas não só de Santa Catarina, mas de todo o Brasil”, disse Jorge Seif Jr.
 
O objetivo do workshop é atualizar conhecimentos e práticas do parque industrial brasileiro para que atendam a critérios e normas dos importadores europeus. Isso porque, desde janeiro do ano passado, as indústrias brasileiras de pescado estão impedidas de exportar para a Europa,  principalmente, em função de requisitos de ordem sanitária exigidos dos estabelecimentos industriais na produção e industrialização.
 
Entre os assuntos que serão abordados estão a implementação de programas de pré-requisitos (PRPs), incluindo rastreabilidade do sistema de análise de perigo e pontos críticos de controle (HACCP) e de projetos adequados das áreas de produção, de infraestrutura de estabelecimento de processamento e de barcos congeladores.
 
O Workshop é oferecido a 60 participantes indicados por entidades representativas da indústria da aquicultura e da pesca, além de órgãos governamentais relacionados à atividade.

Fonte: Mapa
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Quinta-feira com possibilidade de chuva forte em algumas regiões do Estado 23 de janeiro de 2020 Mato Grosso do Sul terá uma quinta-feira (23.01) com temperaturas agradáveis e a máxima neste dia fica na casa dos 34°C. A previsão do Institu...
Mercado do boi gordo segue lento em várias praças pecuárias 23 de janeiro de 2020 Normalmente, às terças-feiras, o mercado do boi gordo está mais definido e o fluxo de negócios é maior. Contudo, no fechamento da última terça-...
Ferramentas de baixo custo e com retorno rápido otimizam resultados na propriedade 23 de janeiro de 2020 Os produtores rurais atendidos pelo programa de Assistência Técnica e Gerencial em Horticultura, do Senar/MS, já sabem que implantar a irrigação ...
Preços dos animais de reposição recuaram neste início do ano 23 de janeiro de 2020 O mercado de animais para reposição tem trabalhado com cautela nesse início de ano, devido à pressão de baixa no mercado do boi gordo. Segundo le...
Indústria chinesa inicia operação em outubro e vai gerar 300 empregos em Maracaju 23 de janeiro de 2020 As obras da indústria de processamento de milho da empresa chinesa BBCA, no município de Maracaju, estão em ritmo forte e a produção de amido e f...
Queda no poder de compra do pecuarista em relação ao farelo de soja 23 de janeiro de 2020 O preço do farelo de soja subiu 3,3% em São Paulo em janeiro/20, em relação à média de dezembro/19. Segundo levantamento da Scot Consultoria, a ...
Governador diz no Showtec que Investimento em pesquisa potencializa agronegócio 23 de janeiro de 2020 Mato Grosso do Sul deve registrar neste ano mais uma produção recorde de soja. Projeções do Governo do Estado indicam que a safra 2019/2020 da ole...


Foto: Divulgação
As aulas ocorrerão até o dia 19 de julho na sede do sindicato e serão ministradas por especialistas internacionais da FAO