Soja: Possível menor produtividade nos EUA faz produtor se retrair no Brasil

03 de junho de 2019

Com o clima desfavorável para o cultivo da soja nos Estados Unidos e o possível impacto sobre a produtividade, sojicultores brasileiros (principais exportadores mundiais da commodity) se afastaram dos negócios na semana passada, de acordo com informações do Cepea. Esse cenário foi verificado mesmo com a demanda aquecida pelo grão. A expectativa é de remuneração ainda maior nas vendas da oleaginosa nos próximos meses. Já a liquidez para exportação segue satisfatória, ainda favorecida pela guerra comercial entre os Estados Unidos e a China.

Quanto ao farelo de soja, a demanda pelo produto nacional segue aquecida, tanto por compradores domésticos quanto externos. Esse cenário elevou com força os prêmios de exportação deste derivado, o que resultou em maior paridade de exportação e aumento na receita com as vendas no mercado interno. 

Fonte: Cepea | USP