Notícias

MS quer ampliar comércio com a China abrindo mercado para carne de frango

03 de junho de 2019

Principal parceiro comercial de Mato Grosso do Sul, destino de quase 50% de tudo que o Estado exporta, a China e seu mercado consumidor gigante pode impactar positivamente a economia local ao abrir espaço para a carne de frango. “Atualmente, apenas 2% do volume de exportações para a China são de carne processada de ave, e os chineses precisam importar e Mato Grosso do Sul pode fornecer”, observou o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, durante o Almoço-debate Brasil China realizado nesta sexta-feira (31), no Restaurante Yotedi, em Campo Grande.

 
O evento reuniu empresários brasileiros (na maioria) e chineses e trouxe a Campo Grande o ministro da Embaixada da República da China, Song Yang; e o deputado federal por São Paulo Fausto Pinato, presidente da Frente Parlamentar Brasil China. A organização foi do Lide MS (Lideranças Empresariais) e estavam presentes o presidente da entidade em Mato Grosso do Sul, Carlos Melke Filho; Guto Dobes Filho, CEO da Lide no Estado e José Ricardo dos Santos Júnior, CEO do LIDE China. O secretário de Governo, Eduardo Riedel, representou o governador Reinaldo Azambuja.
 
A fala do ministro Song Yang foi de incentivo e esperança. A visita recente do vice-presidente da República, Carlos Mourão, animou o governo chinês e estabeleceu os alicerces de uma nova parceria que pode render bons frutos ao Brasil, disse Yang. Ano passado, Brasil e China negociaram US$ 111 bilhões, no primeiro trimestre deste ano a conta já supera US$ 34 milhões. A China produz o dobro de grãos que o Brasil, mas sua população é 17 vezes maior, portanto precisa importar. E a produção brasileira excede muito o consumo interno.
 
Infraestrutura e turismo
 
Além de chamar a atenção dos chineses para a carne de frango do Estado, o secretário Jaime Verruck lembrou que apenas 1,62% dos turistas estrangeiros que visitaram Mato Grosso do Sul no ano passado são chineses. “Temos muitos atrativos, o Pantanal, Bonito, os chineses precisam saber disso e precisam conhecer. Vamos investir em campanhas de publicidade lá na China”, afirmou.
 
Outra área que o Estado quer a parceria com a China é no setor de infraestrutura. Os chineses têm a maior rede ferroviárias de trens de alta velocidade do mundo, supera todos os países, juntos. Tem tecnologia e recursos para investir. Verruck apresentou o traçado do projeto de ferrovia bioceânica ligando o porto de Santos (SP), passando pela Bolívia até chegar aos portos peruanos ou descer para a Argentina, por Antofagasta e chegar ao Chile. Mato Grosso do Sul está no centro dessa rota. “Queremos encurtar em 14 dias a viagem dos produtos brasileiros até a China saindo pelo Pacífico”.
 
O secretário apresentou, ainda, a produção de carnes de Mato Grosso do Sul – que a China precisa para suprir o mercado interno. No ano passado o Estado abateu e processou 165.540.386 unidades de frango, 1.930.032 cabeças de suínos e 3.293.545 cabeças de bovinos. “Queremos continuar exportando soja, farelo de soja para a China, mas temos a oportunidade de negociar também carne animal processada e isso muito nos interessa”, frisou.

Fonte: Semagro | MS
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Sexta-feira de altas temperaturas e tempo nublado em MS 18 de outubro de 2019 Mato Grosso do Sul terá mais um dia com altas temperaturas e sol escondido entre as nuvens. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê para ...
Ministra Tereza Cristina dá posse a novo presidente do Incra 18 de outubro de 2019 O economista Geraldo Melo Filho tomou posse nesta quinta-feira (17) na presidência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra)....
Mapa discute melhorias dos serviços de seguros rurais com corretores e seguradoras 18 de outubro de 2019 Representantes do Departamento de Gestão de Riscos  da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abasteciment...
Cientistas desenvolvem proteína contra doença da cana-de-açúcar 18 de outubro de 2019 Com o uso da bioinformática, pesquisadores da Embrapa Agrobiologia (RJ) conseguiram produzir uma proteína recombinante que tem ação antimicrobiana...
Comitê gestor define vencedores do Selo Mais Integridade 18 de outubro de 2019 O comitê gestor do Selo Mais Integridade definiu nesta quinta-feira (17) as empresas aprovadas na seleção do edital 2019/2020. O prêmio é destina...
Garantia-Safra paga R$ 442,4 milhões para mais de 520 mil agricultores no ciclo 2017/18 18 de outubro de 2019 Mais de 520 mil agricultores receberam o pagamento do Garantia-Safra no ciclo 2017-2018, totalizando um saldo de R$ 442,4 milhões de recursos pagos. ...
Mercado do boi gordo continua em alta em todas as praças do Brasil 18 de outubro de 2019 Das trinta e duas praças pecuárias monitoradas pela Scot Consultoria, os preços subiram em nove na última quarta-feira (16/10). Inclusive em São ...


Foto: Divulgação
O evento reuniu empresários brasileiros e chineses e trouxe a Campo Grande o ministro da Embaixada da República da China, Song Yang