Notícias

Ministra Tereza Cristina encerra missão à Ásia com perspectiva de abertura de mercado para Brasil

22 de maio de 2019

De 9 a 20 de maio, a ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) visitou quatro países da Ásia: Japão, China, Vietnã e Indonésia. Acompanhada de secretários, parlamentares e representantes do setor agropecuário, a ministra reuniu-se com autoridades dos países para debater a abertura de mercado para produtos brasileiros e ampliação da pauta de exportações.

 
Veja como foi a viagem da ministra à Ásia:
 
Japão
9 de maio
 
Tereza Cristina reuniu-se com representantes da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica) e da Federação das Indústrias do Japão (Keidanren) e apresentou setores do agronegócio com potencial de investimento externo. A ministra e o ministro da Agricultura, Floresta e Pesca do Japão, Takamori Yoshikawa, acordaram a realização do Quarto Diálogo Brasil-Japão em agosto. O evento ocorrerá no Brasil.
 
10 de maio
 
A comitiva brasileira divulgou cafés especiais em uma conceituada cafeteria de Tóquio. Os mais de 100 convidados tiveram a oportunidade de degustar várias amostras de cafés com aromas diferenciados, como do cerrado mineiro. 
 
11 de maio
A ministra Tereza Cristina anunciou, em Niigata, que o Brasil passará a exportar arroz beneficiado para o México. Em contrapartida, o país importará o feijão mexicano. Na cidade japonesa, ela reuniu-se com o secretário da Agricultura e Desenvolvimento Rural do México, Victor M.Villalobos, para o anúncio.
 
A ministra Tereza Cristina participou da Reunião de Líderes de Agricultura do Hemisfério Ocidental. No comunicado final, o grupo firmou a intenção de trabalhar em conjunto “em defesa da segurança alimentar global e do comércio agrícola, com base em princípios científicos e de análises de risco”.
 
China
13 de maio
 
A ministra iniciou os compromissos na China por Xangai, onde encontrou-se com investidores chineses, que prometeram aumentar os investimentos no Brasil. A missão também divulgou os cafés especiais brasileiros em uma cafeteira.
 
Os investidores mostraram interesse em investir em ferrovias, biotecnologia, suinocultura e infraestrutura. Tereza Cristina recebeu camiseta feita a partir de fibra de milho.
 
14 de maio
Com a peste suína africana na China, executivos do Rabobank disseram à ministra que há espaço para a importação de proteínas animais de todos os tipos, o que significa uma oportunidade para os exportadores brasileiros.
 
A ministra inaugurou os estandes brasileiros na Sial China, maior feira de alimentos da Ásia. Os visitantes tiveram a oportunidade de degustar pão de queijo, açaí, cachaça, mel e carnes.
 
15 de maio
Em Pequim, a ministra Tereza Cristina e empresários chineses e brasileiros do setor de florestas plantadas e celulose trataram da uniformização dos certificados fitossanitários para o comércio dos produtos. Tema será debatido em reunião do Brics (grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), em novembro deste ano no Brasil.
 
16 de maio
Tereza Cristina reuniu-se com o administrador-geral de Aduanas da China, Ni Yuefeng. Após o encontro, o Brasil tem expectativa de 78 frigoríficos receberem autorização para exportar ao mercado chinês. Equipe do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento irá encaminhar às autoridades chinesas informações finais sobre os estabelecimentos nos próximos dias.
 
A China Agricultural University (CAU) e a Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, da Universidade de São Paulo, (Esalq/USP) se comprometeram a trabalhar em três projetos de pesquisa em agropecuária.
 
Vietnã
17 de maio
 
Na terceira etapa da missão à Ásia, a ministra Tereza Cristina reuniu-se com o primeiro-ministro do Vietnã,  Nguyen Xuân Phúc. O primeiro-ministro ofereceu o Vietnã como porta de entrada para produtos brasileiros na Ásia. A ministra também debateu a venda de melão e bovinos vivos para os vietnamitas.
 
A delegação brasileira participou das celebrações dos 30 anos das relações diplomáticas entre Brasil e Vietnã.
 
Ministra Tereza Cristina e o primeiro-ministro do Vietnã, Nguyen Xuân Phúc, em Hanói
 
Indonésia
20 de maio
 
Na última etapa da missão à Ásia, a ministra esteve com Amran Sulaiman, ministro da Agricultura da Indonésia, para discutir a exportação de carne bovina. 

Fonte: Ministério da Agricultura
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Boi gordo firme, apesar da baixa movimentação no início da semana 23 de outubro de 2019 Parte das indústrias aguardava um posicionamento mais claro do mercado para definir os preços de balcão na última segunda-feira (21/10). Contudo, ...
Pavilhão Brasil é inaugurado na Fruit Attraction 2019 na Espanha 23 de outubro de 2019 O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o Ministério das Relações Exteriores (MRE), em parceria com Associação Brasileir...
Forte alta no preço da carne bovina no atacado 23 de outubro de 2019 Na última semana, na média de todos os cortes pesquisados pela Scot Consultoria, a carne bovina vendida pelo atacado ficou 2,8% mais cara. Uma alta ...
FPA quer garantir que exportação de produtos agropecuários continue isenta de ICMS 23 de outubro de 2019 A preocupação com alterações na Lei Kandir permanece na pauta da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). A PEC 42/2019, que está para ser vota...
Câmara do Agro 4.0 apresenta as principais demandas para ampliar o uso de novas tecnologias 23 de outubro de 2019 A Câmara do Agro 4.0 iniciou os trabalhos nesta terça-feira (22), durante a programação da 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, apre...
Sebo bovino subiu 17,1% no segundo semestre 23 de outubro de 2019 Dados divulgados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) apontam que a produção de biodiesel aumentou em agosto e...
Chineses estudam ampliar investimento em plantas de açúcar no Brasil 23 de outubro de 2019 A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) reuniu-se nesta terça-feira (22), em Pequim, com o presidente da Cofco, Jun Lyu. ...


Foto: Divulgação
De 9 a 20 de maio, a ministra passou por quatro países onde debateu abertura de mercado para produtos agropecuários do Brasil. Na foto, reunião com em