Notícias

Uruguai está a um passo de importar gado vivo do Brasil

15 de maio de 2019
Os frigoríficos uruguaios avançaram nas negociações com o seu governo para obter a certificação sanitária que autoriza a importação de gado vivo do Brasil, informa reportagem publicada pela filial uruguaia do El País Digital.
 
A busca por animais em pé em território brasileiro, diz o jornal, reflete sobretudo os aumentos nos preços do gado no mercado doméstico uruguaio, devido aos baixos estoques de novilhos e, ao mesmo tempo, aos avanços das exportações de carne bovina uruguaia para a China.
 
A diferença entre os preços do gado do Uruguai e os valores vistos nos países vizinhos é bastante clara, informa o El País. Enquanto no Uruguai a referência para um novilho gira em torno de US$ 3,50 por kg de carcaça, no Brasil seu preço é de US$ 2,44/kg. Por sua vez, na Argentina, vale US$ 2,63/kg e no Paraguai, US$ 2,75/kg.
 
O diretor de serviços de pecuária, Eduardo Barre, confirmou que os protocolos de importação ou exportação de gado vivo entre os países do Mercosul (Brasil, Argentina e Paraguai) foram concluídos em março último, segundo o El País. As autorizações envolvem os segmentos de reprodução, de cria/engorda e de abate imediato.
 
Em abril último, as exportações de carne bovina do Uruguai para a China ultrapassaram 22 mil toneladas, marcando um novo recorde histórico para o período. O gigante asiático foi responsável por 68% dos embarques totais dos frigoríficos no mês passado.
 
Em 2018, o Uruguai também aumentou as suas importações de cortes de carnes (bovina, suína e de frango) – tendo o Brasil e o Paraguai como os principais fornecedores. Essa mesma tendência está sendo mantida este ano.
 
Em abril, as importações locais de carnes atingiram um volume recorde de 5.738 toneladas, 14% acima das 5.036 toneladas registradas no mesmo mês de 2018.

Fonte: Portal DBO
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Boi gordo: mercado parado, mas firme 25 de junho de 2019 A semana começou mais fraca no mercado do boi gordo. Seguindo a tradição das segundas-feiras, diversos frigoríficos não abriram as compras no dia...
Plano Safra 2019/2020 traz novas opções de financiamento para produtores rurais 24 de junho de 2019 O Plano Safra 2019/2020, lançado na terça-feira (18), prevê mais opções de financiamento para os produtores rurais. Algumas medidas no sentido de...
Diário Oficial traz registro de 42 defensivos agrícolas; objetivo é aumentar concorrência e baratear 24 de junho de 2019 O Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (24) traz a publicação do ato nº 42, do Departamento de Sanidade Vegetal e Insumos Agríc...
Apoiado pelo Brasil, chinês é eleito novo diretor da FAO 24 de junho de 2019 O vice-ministro da Agricultura e Assuntos Rurais da China, Qu Dongyu, foi eleito neste domingo (23/6) o novo diretor geral da Organização das Naçõ...
Chineses cancelam compras de 100 t de carne suína dos EUA 24 de junho de 2019 Entre 7 e 13 de junho importadores chineses cancelaram compras de 100 toneladas de carne suína dos Estados Unidos para entrega em 2019, mostra relat...
Sêmen da raça araguaia começa a ser vendido no mercado 24 de junho de 2019 Pecuaristas da divisa dos Estados de Mato Grosso e Goiás desenvolveram uma nova raça de gado de corte, a araguaia, que carrega características gen...
Produtor deve pedir para Câmara manter decreto das armas, diz Bolsonaro 24 de junho de 2019 O presidente Jair Bolsonaro pediu que produtores rurais do Brasil peçam para os deputados não derrubarem o decreto que flexibiliza as regras de poss...


Foto: Reprodução
A busca por animais em pé em território brasileiro reflete sobretudo os aumentos nos preços do gado no mercado doméstico uruguaio