Condel vai analisar resolução que destrava R$ 300 milhões do FCO para cooperativas

14 de maio de 2019

Reunião do Comitê Técnico do Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Condel/Sudeco) realizada em Brasília no dia 9 de maio aprovou proposta de resolução que permitirá às cooperativas de crédito de Mato Grosso do Sul a utilização de R$ 300 milhões do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste). O texto da resolução ainda precisa ser aprovado pelos governadores da região na próxima reunião do Condel, a ser realizada em 20 de maio.

 
“O governador Reinaldo Azambuja já havia discutido a questão com o ministro Gustavo Canuto (Planejamento, Desenvolvimento e Gestão) para solucionar esse entrave. A preocupação é colocar em funcionamento uma inovação que abre um novo horizonte no fomento do empreendedorismo regional. Essa destinação de 10% dos recursos do FCO diretamente para as cooperativas de crédito já está na programação do Fundo para 2019”, informou o secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), que participou da reunião do Comitê Técnico do Condel.
 
Segundo o secretário, “nós finalizamos uma proposta de resolução, mas ela ainda precisa ser aprovada no âmbito do Condel, no dia 20 de maio. Temos R$ 300 milhões disponíveis e uma demanda elevada nas cooperativas. O Banco do Brasil apoia a resolução e ela é necessária para colocar esse recurso à disposição das cooperativas de crédito. Acreditamos que essa solução, que teve o apoio unânime dos participantes, resolve a questão para o problema. Nossa expectativa é de que 30 dias após a aprovação no Condel, as cooperativas comecem a operar as operações de crédito com o recurso do FCO”, finalizou Jaime Verruck.
Fonte: Marcelo Ârmoa | Semagro MS