Mercado futuro do boi gordo esboça recuperação na B3

10 de maio de 2019

Em artigo publicado nesta sexta-feira no site da Scot Consultoria, o analista de mercado Douglas Coelho ressalta o aumento da liquidez envolvendo contratos futuros do boi gordo na bolsa de mercadorias B3, de São Paulo.

 
Segundo Coelho, o aumento recente da volatilidade e o mercado externo pujante trouxeram mais participantes aos negócios que envolvem ferramentas de proteção de preço, seja via mercado futuro ou o de opções.
 
“É importante lembrar que o número de contratos em aberto já foi bem maior em anos como 2007 e 2010. No entanto, ao fazer uma comparação simples, o número de contratos de boi para outubro de 2019 (pico da entressafra) está hoje em 5.302, enquanto no mesmo período em 2018, este número girava ao redor de 3.500”, compara analista.
 
O aumento do apetite chinês por proteína animal (de uma maneira geral) e a tramitação da Reforma da Previdência são fundamentos que podem apimentar ainda mais esta volatilidade, prevê Coelho.
Fonte: Scot Consultoria