Virada do mês e Dia das Mães podem dar sustentação aos preços do boi

06 de maio de 2019

A expectativa de melhora do consumo interno de carne bovina nas primeiras semanas de maio – influenciada pelo pagamento de salário aos trabalhadores e pela comemoração do Dia das Mães (dia 12) – pode estimular uma maior procura de boiadas por parte dos frigoríficos, aponta análise da consultoria Agrifatto.

Na última semana de abril, o mercado do boi gordo interrompeu, em definitivo, a trajetória de alta registrada na maior parte de abril e também em março, abrindo o mês de maio em queda. Ontem, o Indicador boi gordo Esalq/B3/Cepea encerrou a R$ 153/@, à vista, em São Paulo, com desvalorização de 1,2% na comparação com o fechamento anterior.

Fonte: Portal DBO