Milho: Desvalorização interna e alta do dólar elevam competitividade do produto brasileiro

29 de abril de 2019

Os preços do milho seguem em queda no mercado brasileiro, influenciados pelo maior interesse de vendedores em negociar e pela pressão exercida por compradores, diante da perspectiva de oferta elevada nos próximos meses. Segundo colaboradores do Cepea, apenas os produtores com boas condições de armazenagem estão retraídos, à espera de recuperação nos preços. De 18 a 26 de abril, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP) caiu 4,3%, a R$ 34,29/sc de 60 kg na sexta-feira, 26. Os recuos nos preços domésticos aliados à valorização do dólar, por sua vez, têm aumentado a competitividade internacional do milho brasileiro, o que pode favorecer as exportações nos próximos meses. 

Fonte: Cepea