Notícias

Financiamento da produção aumentou 14% em relação ao semestre anterior

10 de janeiro de 2019

Nos primeiros seis meses de financiamento da produção agropecuária (PAP 2018/2019) , os agricultores tomaram R$ 87,9 bilhões nas instituições financeiras do Sistema Nacional de Crédito Rural, de acordo com levantamento da Secretaria de Política Agrícola. A contratação do crédito rural teve incremento de 14% em comparação com igual período anterior. 

Na linha de financiamento do custeio foi aplicado R$ 51,2 bilhões, alta de 15%. A industrialização cresceu 6%, totalizando R$ 3,7 bilhões, e a comercialização teve alta de 1% em relação à safra passada, somando R$ 14,7 bilhões. Os investimentos tiveram incremento de 28%, alcançando R$ 18,3 bilhões.
 
Quanto aos programas de investimento, o Moderagro (Programa de Modernização da Agricultura e Conservação de Recursos Naturais) teve destaque no período analisado, com alta de 193%, representando aplicação de R$ 744 milhões. O Prodecoop (Programa de Desenvolvimento Cooperativo para agregação de valor à produção agropecuária) também tem incremento favorável de 178%, com R$ 622 milhões.
 
O diretor de Crédito Rural da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antonio Luis de Moraes, destacou o bom resultado alcançado pelos programas prioritários de investimento, cujas contratações mantiveram forte expansão. Estes financiamentos se situaram em R$ 712 milhões, um aumento de 93%, no âmbito do Programa de Construção e Ampliação de Armazéns (PCA), em R$ 1,2 bilhão e 85% no Programa para Redução da Emissão de Gases de Efeito Estufa na Agricultura (Programa ABC) e em R$ 691 ou 67% no Programa de Inovação Tecnológica na Propriedade (Inovagro).
 
O crédito para a atividade agrícola atingiu R$ 63,4 bilhões e a pecuária R$ 24,4 bilhões. Quanto às fontes de recursos, a poupança rural controlada representou R$ 28,6 bilhões, com participação de 33% nas contratações do crédito rural. Em seguida, vem os Recursos Obrigatórios, com R$ 17,5 bilhões e participação de 20%.
 
Quanto aos recursos das Letras de Crédito do Agronegócio, as LCA’s registraram aplicação de R$ 15 bilhões, sendo que R$ 11,3 bilhões a taxas de juros favorecidas e R$ 3,7 bilhões a taxa livre de mercado.
 
Os números da contratação de julho a dezembro de 2018 constam do Relatório de Financiamento Agropecuário de liberação de recursos da safra 2018/2019 divulgado pela Secretaria de Política Agrícola, nesta quarta-feira (9).

Fonte: Mapa
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Produtores de florestas plantadas querem mais recursos no Plano Safra 22 de março de 2019 Entidades privadas e órgãos do governo representativos do setor florestal estiveram reunidos nesta quinta-feira (21), na Câmara Setorial da Cadeia ...
Em Cuiabá, MS discute Fundos emergenciais de saúde animal 22 de março de 2019 Dentro do Programa Nacional de Febre Aftosa (PNEFA), que prevê a retirada da vacinação no Brasil nos próximos anos, um dos temas que requer grande...
Acesso à internet no campo deve ter proposta para ampliação neste ano 22 de março de 2019 O Secretario de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Fernando Camargo, de...
Cotações da arroba do boi gordo segue em alta pelo Brasil 22 de março de 2019 A oferta curta de boiadas terminadas ainda tem ditado o rumo das cotações da arroba do boi gordo. No fechamento da última quarta-feira (20/3) as al...
Tereza Cristina diz a investidores que é hora de olhar para oportunidades 22 de março de 2019 A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) disse nesta quinta-feira (21) em Nova York a executivos de grandes fundos de inves...
Balanço do mercado da carne bovina no atacado é fraco 22 de março de 2019 Desde que 2019 começou já se passaram 11 semanas e o preço da carne bovina sem osso vendida no atacado caiu em oito. Nos primeiros meses do ano ess...
Análise do cadastro rural deve ser automatizada, disse Valdir Colatto 22 de março de 2019 O diretor geral do Serviço Florestal Brasileiro, Valdir Colatto, apresentou nesta semana durante a 87° reunião da Associação Brasileira de Ent...


Foto: Divulgação
O crédito para a atividade agrícola atingiu R$ 63,4 bilhões e a pecuária R$ 24,4 bilhões