Notícias

Pecuária precisa de subsídios oficiais para se recuperar, afirma Acrissul

04 de julho de 2018
O presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Jonatan Pereira Barbosa, tem feito sucessivas consultas à diretoria e associados da entidade, no sentido de lançar um movimento de ajuda à pecuária local, através de novos programas de incentivos e também através de subsídios, pelos governos estadual e federal.
 
Para o presidente, o "subsídio da carne" seria uma forma de compensar parte dos prejuízos sofridos pelos produtores com as constantes oscilações (para baixo) do preço da arroba do boi, uma vez que esse desgaste se propaga em cadeia para todo o mercado do gado, alcançando todas as eras e raças.
 
Na avaliação do ruralista, se continuar essa situação – de depreciação do gado – por mais um ou dois trimestres, sem que nada seja feito para combatê-la, daí para frente será tarde para reverter o processo.
 
Na régua da Acrissul, o valor da arroba do boi gordo já caiu de R$ 133,00 (em média) em janeiro deste ano para R$ 128,00 (fechamento de junho), uma retração de 4%. Jonatan Barbosa lembra que em janeiro do ano passado, antes da Operação Carne Fraca, a arroba do boi gordo em Mato Grosso do Sul estava cotada em R$ 136,00 em média. 
 
"De lá para cá, junta-se a isto – à Operação Carne Fraca – a decisão do Supremo Tribunal Federal de legalizar a cobrança do Funrural, a delação premiada dos Irmãos Batista  e a suspensão da importação por alguns mercado importantes, como a Rússia, só empurrou para baixo o valor da arroba e com poucos movimentos de recuperação", historia o ruralista.
 
Para finalizar e justificar a necessidade de novos incentivos e subsídios à pecuária, Jonatan lembra também que o Mato Grosso do Sul alcançou um nível de excelência na produção de carne bovina. "Todo mundo quer a carne de Mato Grosso do Sul, considerada a melhor do Brasil, mas ninguém quer pagar o preço que ela realmente vale", pondera.
 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Acrissul
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Decisão judicial assegura atividades da Expogrande 2019 22 de fevereiro de 2019 Decisão proferida no dia 21 de fevereiro último pelo juiz José Henrique Neiva de Carvalho e Silva, da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e...
Sexta-feira ainda com céu nublado e chance de chuva para Mato Grosso do Sul 22 de fevereiro de 2019 A sexta-feira (22.02) não deve apresentar grandes mudanças no tempo em Mato Grosso do Sul. O céu continua parcialmente nublado com pancadas de chuv...
Investimentos do Plano Agrícola e Pecuário têm crédito adicional de R$ 791 milhões 22 de fevereiro de 2019 Os produtores rurais terão mais R$ 791 milhões para seus investimentos no Plano Agrícola e Pecuário 2018/19, com a autorização de remanejamento ...
Oferta reduzida dificulta compra dos frigoríficos 22 de fevereiro de 2019 O cenário na maioria das regiões é de mercado travado, com equilíbrio entre oferta restrita e lento escoamento. No fechamento da última quarta-fe...
Ministra afirma que questão do leite em pó está superada 22 de fevereiro de 2019 A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, afirmou nesta quinta-feira (21) que a questão da taxa de importação do leite...
Carne bovina: queda nos preços no atacado na primeira quinzena 22 de fevereiro de 2019 Desde o final de dezembro do ano passado, a carne no atacado ficou 7,3% mais barata, na média de todos os cortes. Esse comportamento foi puxado pelos...
Ministra: “Temos de evoluir em nossos sistemas de fiscalização e controle” 22 de fevereiro de 2019 A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, defendeu nesta quinta-feira (21) a adoção de procedimentos de fiscalização ...


Foto: Divulgação | Acrissul
Para Jonatan Barbosa, presidente da Acrissul, todo mundo quer a carne de MS, mas ninguém quer pagar o preço que ela vale