Notícias

Medida Provisória prorroga Refis do Funrural até 30 de outubro

30 de maio de 2018

Após articulação da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) com o governo federal, é prorrogado até 30 de outubro o prazo para aderir ao Programa de Regularização Tributária Rural (PRR), que refinancia a dívida de produtores rurais com o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural).

A Medida Provisória 834/2018, editada pelo presidente da República Michel Temer, foi publicada nesta quarta-feira (30) no Diário Oficial da União (DOU). Veja abaixo ou clique aqui.

Ao comentar a notícia, Jonatan Pereira Barbosa, presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), afirmou que a medida era necessária e que agora o produtor rural com passivo junto ao Funrural poderá refazer suas contabilidades antes de assumir qualquer compromisso ou parcelamento. "De qualquer forma a Acrissul continua vigilante na defesa dos direitos do produtor rural, e vamos manter nossa luta para derrubar o débito compreendido entre a decretação da inconstitucionalidade do Funrural (em 2010) e o novo entendimento o Supremo Tribunal Federal (em 2017), que reativou a cobrança do tributo", analisou o ruralista.

Para a presidente da FPA, deputada Tereza Cristina (DEM-MS), a prorrogação é mais uma vitória do setor produtivo para garantir que o produtor em dívida regularize sua situação com mais segurança jurídica. “No PRR, produtores rurais contam com condições especiais de pagamento, além da redução de juros, multas e demais encargos da dívida”, afirma a presidente.

Dentre os principais itens garantidos na Lei 13.606/2018, que instituiu o PRR, estão a redução em 100% das multas e encargos legais; a cobrança em cascata, quando o produtor paga o imposto em várias etapas da cadeia; e a redução da alíquota de 2,5% para 1,7% aos produtores rurais Pessoa Jurídica. “Foi uma redução de 40% na alíquota de contribuição assegurada aos produtores rurais”, ressaltou a deputada Tereza Cristina.

Histórico

O Programa de Regularização Tributária Rural (PRR), o chamado Refis Rural, foi criado em meio a um impasse judicial quanto à legalidade da cobrança do Funrural. A contribuição foi considerada inconstitucional em 2011 pelo Supremo Tribunal Federal (STF), mas a mesma Corte voltou atrás em março de 2017 e declarou a cobrança constitucional. Desde então, muitos produtores rurais deixaram de pagar a contribuição previdenciária respaldados pela decisão do Supremo.

Em 23 de maio deste ano, por 7 votos a 3, o Supremo Tribunal Federal (STF) reafirmou, em novo julgamento, a constitucionalidade da contribuição ao Funrural. Desta forma, o passivo do Fundo continua a existir, bem como o recolhimento da cobrança previdenciária. A decisão da Suprema Corte era um dos itens que ainda trazia insegurança jurídica aos produtores rurais.

Para descrever de forma detalhada a situação pela qual os produtores rurais se encontram desde o início do ano passado, a FPA produziu uma linha do tempo com as principais ações referentes ao Funrural. Confira abaixo!

 


Fonte: FPA | Frente Parlamentar da Agropecuária
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

África do Sul abre mercado para a manga brasileira 16 de julho de 2018 Autoridades sul-africanas concluíram os requisitos e aprovaram o modelo de Certificado Fitossanitário para a importação de mangas do Brasil. De ac...
Câmara dos Deputados aprova MP que impede União de retomar lote hipotecado 16 de julho de 2018 A Câmara dos Deputados aprovou nesta semana a Medida Provisória 824, que impede o estado de retomar lote cedido para projeto público de irrigação...
Dificuldade na compra de boiadas e escoamento lento mantém cotações equilibradas 16 de julho de 2018 Os negócios ocorrem de forma mais comedida no mercado do boi gordo. De maneira geral há irregularidade na oferta. É cada vez mais difícil encontra...
Saldo da balança do agro em junho é de US$ 8,17 bilhões 16 de julho de 2018 A Secretaria de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento divulgou nesta sexta-feira (13) o resultado das exp...
Colheita do milho chega a 25% no Centro-Sul 16 de julho de 2018 O levantamento da consultoria AgRural mostra que, com ritmo acelerado apenas em Mato Grosso e grande atraso no Paraná, a colheita da safrinha de milh...
Guerra comercial pode beneficiar soja brasileira 16 de julho de 2018 Em resposta à sobretaxa imposta pelos Estados Unidos a produtos chineses, o país asiático anunciou medidas contra importações de produtos norte-a...
Preços da carne bovina estão em queda no varejo 16 de julho de 2018 Carne sem osso sem força no varejo. Segundo levantamento da Scot Consultoria, em São Paulo a queda no preço foi de 0,3% nesta semana. Em Minas Gera...