Notícias

"Não cabe ao Congresso definir preço de combustíveis", diz Eunício

25 de maio de 2018

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, disse nesta sexta-feira (25) que não cabe ao Congresso definir preço de combustíveis. Evitando se posicionar sobre a continuidade das negociações para encerrar a paralisação dos caminhoneiros, o senador afirmou que as articulações foram feitas sem a participação do Legislativo, concentrando os esforços no Executivo. 

 
“Sinceramente eu não posso fazer uma avaliação sobre uma negociação que eu não participei. Eu fui apenas, no final, ouvir os caminheiros em relação ao Congresso, ao Senado. Não há pendências em relação ao Senado para que a greve dos caminhoneiros seja resolvida. Se existem pendências com quem foi negociado, não foi com o Congresso, foi com o Executivo", disse o presidente.
 
Eunício também não comentou a continuidade do movimento em vários estados brasileiros, mesmo após o acordo feito com  o governo.
 
Política de preços da Petrobras
Questionado sobre a intenção do líder do Partido dos Trabalhadores, Lindbergh Farias (RJ), de pedir que seja pautada uma proposta que regasta a política de preços da Petrobras do governo Lula, o presidente do Senado disse que todos os projetos que forem discutidos e vierem com requerimento de líderes para votação em regime de urgência para resolver a crise serão pautados, mas a decisão caberá ao plenário da Casa.
 
Eunício Oliveira disse que passará o fim de semana em Brasília à disposição para ajudar na solução da paralisação dos caminhoneiros.

Fonte: Agência Brasil
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Quarta-feira de tempo firme na maior parte do MS; umidade do ar em estado de atenção 23 de janeiro de 2019 Ao longo desta quarta-feira (23.01), a faixa norte de Mato Grosso do Sul poderá ter um dia parcialmente nublado com pancadas de chuvas acompanhada de...
Reinaldo anuncia metas na infraestrutura e quer prioridade ao escoamento da safra 23 de janeiro de 2019 O governador Reinaldo Azambuja anunciou que o Estado fará um replanejamento do sistema viário para estabelecer as obras prioritárias que serão exe...
Exportações com milho mantém desempenho positivo 23 de janeiro de 2019 Novos reajustes positivos para as cotações do cereal. O último indicador do CEPEA (21/jan) subiu 1,51% elevando a referência do físico para R$ 38...
Mercado do boi gordo com baixa movimentação em todas as praças 23 de janeiro de 2019 A quarta semana do ano começou com os compradores e vendedores analisando o mercado. Isso fez com que houvesse mais especulação do que negócios se...
Algumas áreas de algodão em MS foram replantadas por conta da estiagem 23 de janeiro de 2019 A Ampasul, Associação Sul-Mato-Grossense dos Produtores de Algodão publicou mais um informativo do seu programa Boas Práticas Fitossanitárias do ...
Recuo nas cotações da carne bovina no atacado 23 de janeiro de 2019 São três semanas seguidas de reajustes negativos no preço da carne bovina sem osso vendida no mercado atacadista. Desde o final de dezembro de 2018...
Nova fronteira agrícola será tema de congresso em Campo Grande 23 de janeiro de 2019 Os solos arenosos serão o centro do debate entre os dias 07 e 10 de maio, quando Campo Grande (MS) receberá o III Simpósio Brasileiro de Solos Aren...