Notícias

Embrapa lança aplicativo para gerenciamento de fazendas de leite

20 de dezembro de 2017
A gestão da fazenda de leite está nas mãos do produtor. A Embrapa Gado de Leite acaba de lançar o aplicativo para dispositivos móveis do programa Gestão Informatizada de Sistemas de Produção de Leite (Gisleite). Segundo o analista de tecnologia da informação da Embrapa Victor Lima, o produtor insere as informações por meio de celular ou tablet e esses dados são compartilhados com a plataforma disponível na internet. Isso significa que o usuário tem que estar cadastrado no sistema Gisleite web para utilizar o aplicativo que opera no sistema operacional Android.
 
“O app é um coletor de dados que pode ser operado até mesmo quando não há sinal de internet no smartphone, uma situação muito comum no meio rural. Quando o sinal da internet é restabelecido, o Gisleite Web recebe os dados coletados e os armazena no sistema”, esclarece Lima. Dessa forma, o produtor pode se deslocar por diversos pontos da propriedade com um celular, por exemplo, e fazer as anotações necessárias, o que seria impossível com um computador de mesa. “Nosso objetivo foi dar mobilidade ao sistema presente na web”, afirma o especialista.
 
O pesquisador da Embrapa Cláudio Napolis Costa explica que o Gisleite é baseado em software livre, desenvolvido para o ambiente web e com acesso remoto pela internet. “O aplicativo torna a ferramenta mais eficiente, auxiliando o produtor no processo de tomada de decisões”, diz Costa. Com o Gisleite, é possível gerenciar os aspectos econômicos e zootécnicos de uma propriedade leiteira, como reprodução dos animais, produção de leite, movimentação no rebanho e qualidade do leite.
 
O sistema está estruturado de acordo com as atividades do processo produtivo: cadastro, manejo do rebanho, clientes e fornecedores e custos e receitas. É possível inserir os dados de todas as ações relativas às benfeitorias, máquinas e equipamentos, mão de obra, aquisição e venda de animais, alimentação do rebanho, comercialização da produção etc. “Praticamente todas as atividades econômicas e zootécnicas de uma propriedade leiteira podem ser gerenciadas por meio do sistema”, afirma Costa.

Funcionalidades
 
As informações são disponibilizadas pelo Gisleite por meio de quatro grupos dos seguintes documentos:
 
- Listas de intervenção: vacas que devem ser inseminadas, secadas, em lactação, para criar etc.
 
- Relatórios gerenciais: indicadores de produção, produtividade, qualidade do leite e de eficiência técnico-econômica dos rebanhos agregados por área, raça, etc.
 
- Relatórios econômicos: ativo imobilizado, fluxo de caixa, custos de produção etc.
 
- Relatórios de rastreabilidade: animais cadastrados, aquisições, transferências, descartes e aplicação de vacinas e medicamentos.
 
O manejo do rebanho é um processo administrativo dinâmico, caracterizado por decisões que têm resultados a curto, médio e longo prazo. O sucesso na atividade depende do acompanhamento cotidiano dos fatores de produção. Costa diz que a disponibilidade de relatórios como os que o Gisleite oferece permite conhecer o desempenho do sistema produtivo como um todo, seja do rebanho em geral, seja de cada animal em particular. “Tais informações são essenciais na orientação de decisões gerenciais a respeito do empreendimento”, completa o pesquisador.
 
Segundo os técnicos que desenvolveram o software, o sistema é bastante prático e amigável, com relatórios podendo ser disponibilizados em planilhas Excel. O pesquisador reforça: “os indicadores de desempenho orientam o produtor no manejo do rebanho, no acompanhamento da produção e reprodução dos animais e nas decisões relacionadas a todo o sistema de produção”. As informações inseridas no Gisleite estão em total segurança: somente o produtor e aqueles que ele autorizar podem ter acesso a elas, o backup é feito diariamente pela própria Embrapa e as atualizações do software são automáticas.
 
O Gisleite web está disponível na internet desde 2007. Desde então, não parou de ser aperfeiçoado. “As evoluções são feitas de acordo com as demandas dos clientes, atendendo às necessidades do produtor”, diz Costa. Cerca de três mil pessoas já acessaram o programa, um número que deve crescer ainda mais com o lançamento do aplicativo para dispositivos móveis, de acordo com seus desenvolvedores. “Sem que tivéssemos feito qualquer divulgação, a loja de aplicativos do Google já contabiliza mais de 200 downloads do App”, informa Lima.
 
Produtores, com frequência, enviam e-mails para a Embrapa atestando a qualidade do software. Reinaldo Alves, do Município de Serra do Ramalho, na Bahia, diz que o programa é uma maravilha e que melhorou muito a gestão zootécnica do seu rebanho desde que começou a usá-lo. De Dom Feliciano, no Rio Grande do Sul, o pecuarista Renan Iribarrem parabeniza a Embrapa pela ferramenta e diz: “esse sistema informatizado é de grande valia para os produtores e tem contribuído muito para o meu trabalho”. Sidnei Franco, de Princesa, em Santa Catarina, comemora o lançamento do aplicativo: “o aplicativo me permite fazer a coleta de informações no campo e posteriormente sincronizar com a plataforma on line; as duas ferramentas se complementam e se aplicam muito bem à minha realidade e objetivos”. A própria Embrapa é cliente do Gisleite. Os campos experimentais da Embrapa Gado de Leite em Coronel Pacheco (MG) e Valença (RJ) utilizam a ferramenta para administrar seus sistemas de produção.
 
O aplicativo passa a ter funcionalidade quando o cliente está cadastrado no Gisleite web. Ambos são totalmente gratuitos. O Gisleite web está disponível no site da Embrapa Gado de Leite. Lá o interessado também encontra o guia do usuário, com todas as informações a respeito do sistema. O programa é multiusuário e está disponível para produtores, técnicos da extensão rural, cooperativas e consultores.

Fonte: Embrapa Gado de Leite
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Renda agropecuária de Mato Grosso do Sul deve subir aproximadamente 5% 13 de dezembro de 2018 O VBP – Valor Bruto de Produção – deve aumentar aproximadamente 5% em 2019. A previsão foi anunciada, nessa quarta-feira (12), pelo pre...
Programa Soja Plus intensificará atividades em Bonito, Jardim e Bodoquena 13 de dezembro de 2018 Agricultores da região de Jardim, Bonito e Bodoquena receberão reforços em suas propriedades com o Soja Plus, um programa de adesão gratuita, admi...
Iagro monitora Influenza Aviária e Doença de Newcastle no Estado 13 de dezembro de 2018 A Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) realiza o monitoramento anual da Doença de Newcastle e Influenza Aviária do Sítio...
Brasil antecipa meta de reduzir emissão de CO2 com a agropecuária sustentável 13 de dezembro de 2018 O Brasil mitigou entre 100,21 e 154,38 milhões de Mg CO2 equivalente (equivalência de dióxido de carbono) , no período de 2010 a 2018, alcançado ...
Expectativa de maior demanda dá firmeza ao mercado do boi 13 de dezembro de 2018 Com a expectativa de maior consumo de carne devido às festividades de final de ano, os frigoríficos buscam abastecer os estoques para atender a dema...
FPA e entidades do setor produtivo debatem desafios da agropecuária em 2019 13 de dezembro de 2018 O cenário da agropecuária e do Brasil para o próximo ano: desafios e perspectivas. Esse foi o tom do discurso no seminário Agro Cenário 2019, rea...
Preço do sebo bovino subiu 16,7% no segundo semestre 13 de dezembro de 2018 Apesar da demanda em alta, o preço do sebo bovino ficou estável na última semana. Segundo levantamento da Scot Consultoria, no Brasil Central, o pr...