Notícias

Grandes empresas da genética anunciam fusão

20 de dezembro de 2017

A Cooperative Resources International (CRI) - da qual fazem parte a GENEX Cooperative, AgSource e MOFA Global - e a Koepon Holding BV, detentora da Alta Genetics, Valley Ag Software e SCCL, anunciam o início do processo de fusão de suas operações. A nova empresa deve se tornar a maior organização genética do mundo, com sede em Wisconsin, nos EUA.

 
O acordo é não-vinculativo e está sujeito a due diligence e outras condições habituais, incluindo o atendimento a requisitos governamentais, entre outras aprovações. Uma vez concluído, o acordo final estará subordinado à aprovação por ambos os conselhos de administração, bem como os delegados da CRI. 
 
Se bem-sucedida, as organizações planejam formalizar a fusão até meados de 2018. A Koepon é de propriedade privada, e a CRI é uma cooperativa de produtores rurais. A estrutura de operações da CRI será mantida como uma cooperativa na entidade resultante da fusão.
 
CRI Genética Brasil e Alta Genetics do Brasil são, respectivamente, subsidiárias destas empresas e permanecerão separadas, mesmo quando a fusão de CRI e Koepon for aprovada.
 
“Recebemos com muita alegria e visão de oportunidades o anúncio da fusão entre CRI e Koepon. Acreditamos num fortalecimento global no desenvolvimento de tecnologias que contribuam para oferecer o melhor em genética aos produtores. Podemos esperar, num futuro próximo, um enorme avanço nas pesquisas em genética e nos serviços oferecidos aos produtores de leite e corte, em todo o Brasil. Elevaremos o uso da inseminação artificial e o melhoramento genético de bovinos, no Brasil, para um outro nível. No entanto, é preciso reforçar que a CRI Genética Brasil e a Alta Genetics do Brasil continuarão sendo concorrentes no mercado brasileiro. Mas cada uma buscando oferecer, a seu modo, as mais inovadoras e avançadas tecnologias do setor aos seus clientes”, destaca o diretor da CRI Genética Brasil, Sergio Saud.
 
“A fusão representa um grande ganho no desenvolvimento de produtos e serviços de genética. Ambas as empresas possuem um vasto portfólio de programas de leite e corte que, a partir da unificação, representará um enorme avanço em pesquisas genéticas em todo mundo. O acordo será um passo importante e uma grande conquista para o setor produtivo”, destaca o presidente da Alta Brasil, Heverardo Carvalho.

Fonte: Attuale Comunicação
Voltar Imprimir
Deixar um comentário
Nome
Comentário
 

Notícias recentes

Bill Gates financia o desenvolvimento de nova vacina contra febre aftosa 20 de setembro de 2018 O Instituto Pirbright, do Reino Unido, anunciou que recebeu uma doação de 2,1 milhões de libras (2,7 milhões de dólares) da Fundação Bill e Mel...
Holanda é a segunda maior exportadora do agronegócio 20 de setembro de 2018 A Holanda é a segunda maior exportadora do agronegócio mundial, exportando US$ 110 bilhões por ano, atrás apenas dos Estados Unidos e à frente do...
De olho no abate de fêmeas 20 de setembro de 2018 O mercado de reposição segue sua trajetória de alta e as cotações já acumulam valorização de 2,1% desde o início de julho.Na comparação sem...
Falta boi e preço sobe 20 de setembro de 2018 A expectativa era de que os preços do boi perdessem força à medida que o fim do mês se aproxima, mas indo na contramão, o mercado fechou está qu...
Maggi diz que Brasil vai reforçar barreiras contra peste suína 20 de setembro de 2018 O Ministro da Agricultura, Blairo Maggi, declarou que o Ministério da Agricultura (Mapa) orientou profissionais do Sistema de Vigilância Agropecuár...
Prazo para entrega do ITR 2018 termina dia 28 de setembro 18 de setembro de 2018 O prazo do ITR (Imposto Territorial Rural) finaliza no dia 28 de setembro. Entretanto, muitos produtores rurais ainda têm muitas dúvidas sobre a leg...
Oferta restrita continua ditando rumo do mercado do boi gordo 18 de setembro de 2018 A última segunda-feira (17/9) foi de poucos negócios concretizados no mercado do boi gordo. Porém, a oferta restrita de boiadas ainda dita o rumo d...