Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul

15/01/1931 - Nascia o “Centro dos Criadores do Sul de Mato Grosso”. “Tenente César Bacchi de Araujo revolucionário de 1930, foi Prefeito - interventor de Campo Grande, no curto período de 02/12/1930 a 19/01/1931.

Teve a iniciativa, nessa época, da fundação do Centro dos Criadores, transformado depois em Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul, hoje a vitoriosa Acrissul”.
(Livro A Grande Avenida de Paulo Coelho Machado).

A solenidade ocorreu na Rua: 14 de Julho (antiga João Pessoa), sede da Associação Comercial, sendo seu primeiro Presidente Dr. Dolor Ferreira de Andrade.

25/08/1931 - Aprovados os Estatutos do Centro, em Sessão Extraordinária, com 38 Artigos em 8
Capítulos e registrado no Cartório do 4º OF.

26/08/1933 - 1ª Feira Agropecuária de Amostras de Mato Grosso, realizada no Pátio do Colégio Osvaldo Cruz. Não era apenas Agropecuária, a pequena industria do Estado expôs vários produtos com bebidas de Corumbá, artefatos de couro, redes e artesanatos de Cuiabá além dos produtos de Campo Grande e Três Lagoas.

Uma curiosidade para nós é que o juiz apreciava os animais em lotes nos currais rústicos. Saiu vencedor o conjunto de Dinamérico Inácio de Souza, da fazenda Barreiro e desde então, sempre participou de todas as exposições, contribuindo para o desenvolvimento de nossa pecuária.

Temos que destacar a participação do Exército que muito ajudou na realização da 2ª exposição (08/06/1940) no terreno do quartel C.P.O R., na rua Joaquim Murtinho, chamava-se na época Cassino Parque Balneário. A Empresa Concessionária realizou a construção dos mangueiros e do prédio do Cassino, com espaço para dançar, mesas para jantar, palco para show e salões de jogos. (2º relato Dr. Paulo Coelho Machado). O julgamento passou a ser individual, embora os animais fossem expostos em grupos nos currais. O campeão Gir (raça da moda) foi o touro Pacha de Laucídio coelho, e o campeão Indubrasil, foi o reprodutor Barulho de Sebastião Taveira.

15/04/1934 - Transformação do Centro dos Criadores do Sul de Mato Grosso em “Sindicato dos
Criadores do Sul de Mato Grosso”, segundo Decreto Nº 19.770 de 19/03/1931.

17/04/1934 - Aprovadas as modificações dos Estatutos, com adaptações ao Decreto nº 19770 de 19/03/1931 - Era Getulio Vargas subordinando os Sindicatos ao Governo Federal. Eleita a primeira Diretoria do Sindicato dos Criadores do Sul de Mato Grosso, Presidente eleito Dr. Dolor Ferreira de
Andrade.

14/08/1936 - Compra do terreno para a Sede própria do Sindicato à R. 13 de Maio por R 24: 200 $ 000
(Vinte e Quatro Contos e Duzentos Mil Reis).

08/06/1940 - 2ª Exposição Agropecuária e Feira de Amostras de Mato Grosso .

20/04/1941 - Empréstimo de Reprodutores “Zebus”, pertencente a Fazenda Modelo, reivindicação dos associados pelo prazo de 3 anos.

18/06/1941 - Após a 3ª Exposição, o então Presidente Etalivio Pereira Martins transferiu o “Sindicato dos Criadores do Sul de Mato Grosso” para a sede própria (Rua: 13 de Maio), onde realizaram reuniões de trabalho e reuniões sociais.

03/08/1941 - Baile e recepção, que o Prefeito Municipal ofereceu no Sindicato em Homenagem ao Sr. Chefe da Nação Dr. Getulio Vargas.

27/07/1943 - Compra 25 ha para construir o futuro Parque de Exposição.

Da 2ª a 6ª EXPOSIÇÃO - AGROPECUÁRIA E FEIRA DE AMOSTRAS DE MATO GROSSO - No Recinto Parque Balneário, Rua Joaquim Murtinho

1940 - 1942 - Presidente Etalivio Pereira Martins,
1943 - 1944 - Presidente Eduardo Olímpio Machado.

27/03/1944 - “Associação dos Criadores do Sul de Mato Grosso, mudanças de denominação pois não atenda à Lei Sindicalistas.

10/06/1944 - Votação dos Estatutos da Associação.
- Doação de 10 ha à Sociedade Hípica Campograndense p/ construção do Hipódromo.

1945 - 7ª EXPOSIÇÃO AGROPECUÁRIA E FEIRA DE AMOSTRAS DE MATO GROSSO - No Recinto do Parque de Exposição Presidente Ayres Moura Júnior. As Exposições começaram a se realizar no terreno adquirido pela Associação, que fazia parte da antiga Fazenda Bandeira de Armando de Oliveira.

1947 - Os membros da Acrissul encabeçados por Etalivio Pereira Martins e Laucídio Coelho, entroduziram a 1ª grande indústria da cidade - FRIMA - Frigorifico Matogrossense S/A , que iniciou os abates em 1947/1948, possibilitando a engorda de bois no nosso Estado, pois até então mandávamos nossa produção para São Paulo.

O FRIMA foi uma resposta dos produtores a uma grande crise do setor, em 1944. Houve a necessidade de melhorar o rendimento da pecuária. Para se ter uma idéia, antes do FRIMA, engordávamos 20 mil reses, em 1951 passamos a engorda mais de 50 mil reses.

Na década de 50 iniciou sua atividades como Comissário Geral da Exposição o Sr. Antônio Abrate,
recebendo 1 troféu pelo Jubileu de Prata por serviços prestados à Acrissul.

10/08/1974 - Aprovada a sigla “ACRISSUL” em Assembléia Extraordinária.

1976 - Foi instalado o Tatersal DOLOR FERREIRA DE ANDRADE, sob a presidência do Dr. Cândido de
Castro Rondon.

21/07/79 - “ASSOCIAÇÃO DOS CRIADORES DE MATO GROSSO DO SUL” 2º o Historiador e saudoso presidente Dr. Paulo Coelho Machado. “Inicialmente, com a denominação de Exposição Agropecuária e Feira de Amostras de Mato Grosso. Depois, com a divisão do Estado, Exposição Agropecuária de Campo Grande, com a abreviatura ”EXPOGRANDE”.

1987/88 - Foi inaugurado o Tatersal de Elite, dotando o Parque de um Recinto maior para os leilões, na presidência de Sebastião de Oliveira Lima.

Devemos lembrar que foi ele que incentivou um grupo de sócias a participarem efetivamente na organização das exposições, surgindo a RECOLUTA, que se tornou um ponto de encontro da família dos sócios e visitantes.

A Acrissul teve um sócio em 1963 chamado:
JOÃO BELCHIOR MARQUES GOULART - Que se tornou sócio enquanto Presidente da República.

- Queremos homenagear na pessoa do Sr. Li Teixeira todos os sócios e expositores.

- A Acrissul - a conseqüência das exposições da maior importância é o melhoramento genético do gado no MS, devido à comercialização de reprodutores, à formação de planteis.

- As reuniões Jantares Técnicas ganharam impulso sob a Presidência do Dr. Hélio Coelho.

- A Acrissul conta com a Embrapa - Centro Nacional de Gado de Corte que produz e difunde Tecnologia,
tanto na produção de novas variedades de pastagens como na seleção do rebanho.